quinta-feira, março 01, 2018

Bebê baleado em incidente na UPA recebeu alta nesta quinta-feira


O bebê de seis meses de vida que faz parte do grupo de cinco pessoas vitimadas pelo tiroteio ocorrido no dia 13 de fevereiro, ocasionado pela suposta tentativa de resgate a um detento na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA), do bairro Morada do Ouro, recebeu alta hospitalar nesta quinta-feira (01-03-18).
O menor foi atingido na mão e no tórax, sendo que, o projétil, que ficou alojado próximo à coluna, não afetou órgãos vitais. A exemplo das demais vítimas, ele esteve aos cuidados dos profissionais do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, onde realizou sutura no ferimento da mão, e, após isso, foi encaminhado para a Unidades de Terapia Intensiva (UTI), devido à fragilidade da idade e para tratar de uma pneumonia, motivo pelo qual foi levado à UPA.  No dia 17 de fevereiro, recebeu alta da UTI e, no último final de semana, foi encaminhado ao Hospital Universitário Júlio Müller para a retirada do projétil.
Os demais feridos já receberam alta hospitalar, dentre eles uma jovem de 22 anos (mãe do bebê), atingida por um tiro de raspão no braço, a enfermeira de 51 anos, atingida na perna, na altura da coxa, e o agente prisional, 33 anos, também atingido na coxa. Os três também foram atendidos no PS e não tiveram maiores complicações clínicas.

A paciente de 33 anos, considerada pela equipe médica como o caso mais grave, também foi atingida no tórax. Ela passou por um procedimento cirúrgico para drenagens e também ficou mantida na UTI para acompanhamento. Alguns dias após receber alta da UTI, foi encaminhada para o Hospital Santa Helena, onde segue com sua recuperação.
 

0 comentários:

Postar um comentário