terça-feira, março 06, 2018

José Medeiros tem recurso negado pelo pleno do TRE


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso negou na manhã desta terça-feira (06-03-18) recurso do senador José Medeiros (Podemos) que tenta anular perícia grafotécnico realizada na ata da convenção que definiu a chapa de Pedro Taques (PSDB) ao Senado, em 2010, que tinha Medeiros como primeiro suplente e com a eleição do titular para o governo do estado, assumiu a titularidade da vaga.

A perícia realizada pela Polícia Federal (PF) reforça acusação de que houve fraude e o recurso de Medeiros questionava a forma de realização da perícia.
O resultado do exame pericial detectou divergência entre a assinatura de Paulo Fiúza (segundo suplente) coletada pela PF e aquela que consta na ata.
 O laudo está anexado como principal prova ao processo que trata da suposta fraude. Os autos são conduzidos juiz eleitoral Ulisses Rabaneda, relator do caso.
A ação pode fazer com que José Medeiros tenha seu mandato cassado.

0 comentários:

Postar um comentário