quarta-feira, abril 25, 2018

Fávaro, Mendes, Pivetta e mais 28 lançam manifesto contra Taques


Trinta e uma pessoas que ocuparam cargos no Governo Pedro Taques (PSDB) ou que apoiaram a campanha do tucano ao Palácio Paiaguás redigiram uma manifesto público expondo os motivos que os levam a não apoiar a reeleição do governador.

Entre os nomes estão o ex-vice-goverandor Carlos Fávaro (PSD), o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes e de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta, além de ex-secretários de Estado, como Adriana Vandoni (Gabinete de Transparência e Combate a Corrupção), Eduardo Chiletto (Cidades), João Batista da Silva (Saúde), entre outros.

O movimento teria sido organizado pelo ex-vice-governador, que renunciou ao cargo neste mês.  

Ao longo do documento de quatro páginas, os ex-aliados afirmam que nutrem um sentimento de “decepção” em relação à gestão Taques.

“Decepção! Este é um dos sentimentos que lamentavelmente está presente em grande parte daqueles que apoiaram o Senador Pedro Taques em 2010 e em 2014, quando trabalharam, se empenharam, pediram voto e ajudaram a torná-lo governador do Estado de Mato Grosso. Os sentimentos de decepção e frustração, estão sendo compartilhados por milhares e milhares de mato-grossenses”, diz trecho do manifesto.

Na carta, eles citam também que acreditavam que Taques teria a “coragem” de tomar medidas necessárias para a transformação do Estado, o que não ocorreu.

0 comentários:

Postar um comentário