quinta-feira, abril 05, 2018

Rejeitado pelo PSB, Allan Kardec se filia ao PDT


O deputado estadual Allan Kardec, que deixou o Partido dos Trabalhadores (PT), tentou sua filiação no Partido Socialista Brasileiro (PSB) mas foi rejeitado pela cúpula da agremiação no estado e encontrou como saida para garantir candidatura a reeleição, seu ingresso no Partido Democrático Trabalhista (PDT). A filiação de Kardec ao PDT se deu na tarde desta quarta-feira (04-04-18). O parlamentar disse que seu ingresso ocorreu por estar “ideologicamente” ligado ao partido.
O convite para integrar a sigla partiu do presidente regional do PDT, deputado estadual Zeca Viana. Allan deixou o PT no começo de março deste ano por divergências internas da sigla em Mato Grosso.
Em nota à imprensa, Allan Kardec afirmou que retorna ao PDT, que é a agremiação onde iniciou sua militância política ainda no ano de 1999.
Confira a nota enviada
Nota à imprensa
Depois de muita avaliação com amigos, familiares, apoiadores e o grupo político do qual participo, decidimos nessa quarta-feira (04) filiar-me ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), agremiação onde iniciei minha militância política ainda no ano de 1999.
Tenho convicção da minha opção após seis anos de construção coletiva no PT, principalmente por conhecer o Estatuto Partidário do PDT e por estar ideologicamente ligado a tais preceitos.

Professor e deputado Allan Kardec 

0 comentários:

Postar um comentário