sábado, abril 21, 2018

Situação de emergência é decretada em 17 municípios de Mato Grosso


As fortes chuvas ocorridas entre os meses de dezembro e março causaram prejuízos materiais em Mato Grosso. Este ano, 17 municípios tiveram a situação de Emergência reconhecida pela Secretaria Nacional de Defesa Civil e dois estão com processo de solicitação em análise. Ao todo, 39 municípios são monitorados pela Secretaria adjunta de Defesa Civil, vinculada à Casa Civil do Estado, por conta dos danos causados pelas chuvas.
A Defesa Civil do Estado acompanha, orienta e homologa as solicitações de Situação de Emergência dos municípios. Ela também realiza o monitoramento da previsão do tempo para as áreas atingidas pelas chuvas conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
Tiveram a situação de emergência homologada os seguintes municípios: Cláudia, Colniza, Comodoro, Cotriguaçu, General Carneiro, Guarantã do Norte, Juruena, Mirassol D´Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Nova Bandeirantes, Nova Brasilândia, Nova Maringá, Novo Mundo, Peixoto de Azevedo, Poconé, Porto Esperidião, Porto Estrela. Estão com processos em fase de análise Terra Nova do Norte e Alta Floresta.
Com o reconhecimento federal o município pode pleitear recursos para a reconstrução das áreas atingidas, mediante a apresentação de um Plano de Trabalho orientado pela Defesa Civil do Estado, onde constará as metas a serem analisadas pela Secretaria Nacional.
Em 2017, 34 municípios de Mato Grosso solicitaram a Decretação de Situação de Emergência. Com o auxílio da Defesa Civil eles requereram um montante de R$ 124.881.351,32 ao Governo Federal por meio do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil para 243 ações e obras de reconstrução.

0 comentários:

Postar um comentário