quinta-feira, maio 03, 2018

Calote de Moçambique e Venezuela será bancado com dinheiro do trabalhador brasileiro; retirado do seguro-desemprego


O Congresso Nacional aprovou na quarta-feira (02-05-18) um remanejamento de R$ 1,16 bilhão no Orçamento federal para cobrir calotes dados por Moçambique e Venezuela em obras e serviços financiados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e pelo Credit Suisse.
Os recursos que serão destinados a essa finalidade serão retirados do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), no programa seguro-desemprego.

De acordo com o Serviço de Matérias Orçamentárias do Congresso Nacional, o orçamento deste ano para o FAT é de aproximadamente R$ 45 bilhões.

0 comentários:

Postar um comentário