sexta-feira, maio 25, 2018

Caminhoneiros em greve recebem apoio de condutores de vans escolares


No quinto dia de manifestações contra os aumentos seguidos no preço dos combustíveis, os caminhoneiro receberam nesta sexta-feira o apoio de motoristas de vans escolares que fizeram na manhã desta sexta-feira (25-05-18), uma carreata na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA), em Cuiabá, para manifestar solidariedade à causa.

Os trabalhadores seguiram em filas em algumas ruas promovendo um "buzinaço". Os caminhoneiros exigem o fim da carga tributária sobre o óleo diesel. Pelo acordo nacional supostamente firmado entre o governo e representantes dos caminhoneiros, a paralisação será suspensa por 15 dias.
Em troca, a Petrobras mantém a redução de 10% no valor do diesel nas refinarias por 30 dias, enquanto o governo costura formas de reduzir os preços. A Petrobras mantém o compromisso de custear esse desconto, estimado em R$ 350 milhões, nos primeiros 15 dias. Os seguintes 15 dias serão patrocinados pela União.
Mas, o acordo foi ignorado e os caminhoneiros fecharam 26 pontos nas rodovias federais que cortam Mato Grosso.

Também vale lembrar que o transporte coletivo de Cuiabá foi um dos afetados pela crise. A frota foi reduzida na manhã de hoje, em 50% e assim deve permanecer até que a situação seja regularizada. Mas, se não chegar combustível até o próximo domingo (27-05-18), o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, já disse que a frota será paralisada em 100%.
Click aqui para ver matérias na página inicial

0 comentários:

Postar um comentário