sexta-feira, maio 18, 2018

Ministros do Supremo Tribunal Federal negam recurso do conselheiro Carlos Novelli e o mantém afastamento do TCE


 

Por maioria dos votos, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negaram um recurso de agravo regimental interposto pelo conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado, José Carlos Novelli. A defesa tentava derrubar decisão do ministro Luiz Fux, que afastou Novelli e outros 4 conselheiros do TCE-MT, acusados de recebimento de R$ 53 milhões em propina na gestão do então governador Silval Barbosa, pela prática dos delitos de corrupção passiva, sonegação de renda, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
Além de Novelli, seguem afastados do TCE, desde 2017, os conselheiros, Antônio Joaquim Moraes, Waldir Júlio Teis, Walter Albano da Silva e Sérgio Ricardo de Almeida.
Tem um detalhe, mesmo afastados, todos continuam recebem rigorosamente em dia os seus salários, penduricalhos e as benesses que o cargo oferece.

0 comentários:

Postar um comentário