sexta-feira, junho 01, 2018

Conta de luz está mais cara a partir desta sexta-feira



A conta de luz está mais cara a partir desta sexta-feira (1º-06-18). A Agência Nacional de
Energia Elétrica (Aneel) acionou a bandeira tarifária vermelha patamar 2, a mais elevada em cobrança adicional.

Isso representa custo adicional de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. O motivo, segundo a Aneel, é a redução de volume nos reservatórios das hidrelétricas da região Sul e a baixa previsão de chuvas em relação à média histórica.
As bandeiras tarifárias aparecem nas contas de luz de todo o país, exceto em Roraima, que não integra o SIN (Sistema Interligado Nacional), desde 1º de maio de 2015.
As tarifas são classificadas por cores: verde, amarela e vermelha, nessa ordem. Elas indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia. Esse valor varia de acordo com o nível dos reservatórios das hidrelétricas.
As bandeiras tarifárias funcionam em analogia a um semáforo: verde significa que os custos da geração de energia foram baixos, portanto, não haverá acréscimo de taxa extra naquele mês.
Amarela é sinal de alerta. Indica que os custos estão aumentando e que uma taxa de R$ 1 será cobrada para cada 100 quilowatts-hora consumidos, segundo a Aneel.

Já a vermelha sinaliza que as condições de geração de energia no país estão em estado crítico. Tem dois níveis. Patamar 1, divulgada também como bandeira rosa, representa que será cobrada taxa de R$ 3 para cada 100 quilowatts-hora consumidos e, patamar 2, R$ 5.
Click aqui para ver matérias na página inicial

0 comentários:

Postar um comentário