terça-feira, junho 12, 2018

Depois de mais 40 dias de cobrança de pedágio, tropas policiais expulsam indígenas que arrecadavam cerca de 6 mil reais por dia na BR-364


Depois da insistência de indígenas da etnia Nambikwara em não cumprir determinação da justiça e continuar bloqueando um trecho da BR-364 no município de Comodoro - cobrando pedágios de até R$ 50 de motoristas -, uma operação conjunta entre tropas federais foi realizada nesta terça-feira (12-06-18) para desobstruir a via e expulsá-los do local. 

Os índios faziam o bloqueio no quilômetro 1243 da BR-364 há cerca de 40.

A operação, batizada de Líbero, reuniu agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF) com apoio de homens do Exército Brasileiro. Cerca de 120 policiais incluindo a equipe de choque da PRF, foram mobilizados para a operação. Também houve apoio de um helicóptero da PRF e de ambulâncias para atender eventuais feridos.

Foram cumpridas duas ações judiciais, ambas da 1ª Vara da Justiça Federal de Cáceres. Uma determinava a liberação do tráfego no local e outra autorizarou a prisão preventiva de 15 indígenas e ainda buscas, apreensões e remoção de todo material utilizado para cobrança do pedágio.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a operação foi necessária em razão da ocorrência de diversos crimes decorrentes da cobrança de ilegal do pedágio, a qual, por si só, configura o crime de extorsão.
Click aqui para ver matérias na página inicial

0 comentários:

Postar um comentário