segunda-feira, junho 25, 2018

Meirelles critica gestão Taques e orienta a desenvolver receita


O ex-ministro da Fazenda, na administração Temer, e pré-candidato à presidência da República pelo MDB, Henrique Meirelles, esteve em Cuiabá nesta segunda-feira (25-06-18), participando do Seminário Encontro com o Futuro, promovido pela Fundação Ulisses Guimarães, ligada ao MDB.
O pré-candidato aproveitou para criticar a postura do governo Pedro Taques (PSDB) em reclamar apenas redução de repasses federais para Mato Grosso. Segundo Meirelles, os repasses obrigatórios foram feitos, mas é preciso que os Estados tenham receita própria.
Meirelles disse ainda que o Estado também precisa aumentar a sua arrecadação e que não pode ficar só dependendo do governo federal. “ O Estado tem que ter receita. Ter a economia mato-grossense crescendo forte", disse.
Porém, Henrique Meirelles reconheceu que o governo Temer reduziu os repasses por conta da crise financeira. O emedebista falou que para distribuir o dinheiro tem que ter dinheiro no cofre. “Com cofre vazio não dá de distribuir nada. Corrigimos isso", disse.
Meirelles também deu seu pitaco sobre investimento na infraestrutura do Estado. Para ele, tem que haver aumento de investimentos na logística e a industrialização da região para aumentar emprego.
"Em primeiro lugar temos que criar uma rede de transporte adequado para escoar a produção. É fundamental. E isso significa segurança, estabilidade e significa atrair investimentos no mundo inteiro para o Estado", defendeu.
"Pegar a produção de Mato Grosso e industrializar, criar fábricas para industrializar essa produção. Indústrias que resultem em riqueza ao Estado e transporte adequado", finalizou.
 
Click aqui para ver matérias na página inicial

0 comentários:

Postar um comentário