quarta-feira, junho 06, 2018

Procuradoria Geral da Assembleia Legislativa envia parecer de soltura de Savi ao TJMT


Nesta quarta-feira (06-06-18) o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Rui Ramos Ribeiro e o desembargador José Zuquim, recebem da Procuradoria Geral da Assembleia Legislativa o parecer pela soltura do deputado estadual Mauro Savi (DEM). Provavelmente, o documento deve ser protocolado ainda nesta manhã.
O parecer da Assembleia Legislativa foi aprovado com os votos favoráveis de 14 colegas de parlamento de Mauro Savi, em sessão ordinária na noite de ontem (terça-feira 05-06-18). Com isso os deputados estaduais aprovaram Projeto de Resolução que trata da soltura do parlamentar.
Votaram favoravelmente a decisão corporativista que pode resultar na livrada da cara de Mauro Savi os deputados Gilmar Fabris (PSD), Guilherme Maluf (PSDB), Leonardo Albuquerque (PSD), Janaina Riva (MDB), Marcrean Santos (PRTB), Max Russi (PSB), Oscar Bezerra (PSB), Pedro Satélite (PSD), Allan Kardec (PDT), Romoaldo Júnior (MDB), Saturnino Masson (PSDB), Silvano Amaral (MDB), Wagner Ramos (PSD) e Wancley Carvalho (PV).
Mauro Savi foi preso no dia 9 de maio passado, na segunda fase da Operação Bererê (denominada Bônus), sob a suspeita de ter se beneficiado como líder de um esquema de fraude no Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), durante o governo de Silval Barbosa, que teria desviado R$ cerca de R$ 30 milhões.
O parecer pela soltura será encaminhado pela Mesa Diretora do Legislativo ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A resolução invoca os artigos 53 da Constituição Federal e 29 da Constituição Estadual que versam sobre a inviolabilidade do mandato.
Click aqui para ver matérias na página inicial

0 comentários:

Postar um comentário