quinta-feira, julho 12, 2018

Pêlos nos mamilos: qual a melhor técnica para acabar com eles?





Sabe aqueles pelos indesejáveis que aparecem nos mamilos das mulheres? Pois é, apesar de comum, devido a questões genéticas, não o que podemos chamar de ‘super feminino’. Além de mexer com a autoestima, sempre fica a dúvida de qual o método ideal para acabar com eles. Cera, laser, pinça ou lâmina? Na hora de escolher a técnica de depilação, todo o cuidado é pouco para não transformar um pequeno incomodo em um problemão.

Uma das áreas mais sensíveis do corpo pede técnicas específicas para a remoção dos pelinhos indiscretos. A primeira regra é jamais usar lâmina. “A depilação precisa ser delicada e este método pode provocar cortes e infecções. Além disso, a intenção é reduzir a quantidade de pelos ou retardar o crescimento e a lâmina não é a melhor alternativa, já que não arranca da raiz”, explica a esteticista Sabrina Braga, que iniciou a carreira como depiladora.


O laser é uma boa opção para acabar com os pelos nesta região. Trata-se daquele feixe de luz absorvido pelo pigmento do pelo, que neutraliza a raiz e impede o crescimento. “Lembrando que é dolorido, porém, traz resultados mais rápidos. O problema é que não é eficaz em pelos muito finos ou claros”, destaca a profissional, ao comentar que são recomendadas até três sessões, com intervalos de um mês.



A segunda técnica é interessante por ser indolor: a depilação dermofotônica. “Apesar de o processo ser longo, nesta área do corpo, costumamos concluir mais rápido por ter menos pelos, como o buço.” Como a área é pequena, o investimento também é menor, mas é fundamental a avaliação de um especialista para definir quantas sessões são necessárias – o intervalo entre elas é de 48 horas.



Na busca de uma saída barata e imediata, muitas mulheres adotam soluções caseiras: pinçar ou simplesmente descolorir. “As duas opções podem funcionar se os pelos forem fininhos e poucos”, garante a esteticista. Uma dica para quem pensa em encarar a pinça é fazer a remoção logo após o banho morno, quando os poros estão abertos e facilitam a depilação. Outra recomendação é deixar uma toalha úmida com água morna no seio por alguns minutos para minimizar a dor e facilitar o processo.



Mas se a imagem de uma pinça arrancando pelinho por pelinho causa pavor, especialistas indicam outros métodos. “Pode ser com cera quente ou fria, desde que administrada por um ótimo profissional. Estamos falando de uma região mega sensível e usar esses produtos em casa pode provocar queimaduras. Sem contar que há o ângulo correto de puxar o pelo”, pondera Sabrina.


A recomendação final é passar longe dos depiladores elétricos. “Eles são ótimos para outras partes do corpo, mas é agressivo por conta do sistema de pinças giratórias e rápidas. Pode machucar, e muito”, adverte.

Fonte: Tudo Sobre Depilação

0 comentários:

Postar um comentário