segunda-feira, agosto 06, 2018

Barrichello comemora o bi na Corrida do Milhão


Rubens Barrichello comemorou a segunda vitória na Corrida do Milhão da Stock Car neste domingo (05-08-18) em Goiânia. Vencedor da etapa mais valiosa da competição também em 2014, o piloto de 46 anos deixou o carro emocionado.

Barrichello esperou mais do que os principais oponentes para entrar nos boxes. "Foi uma prova de muitos acontecimentos, alguns acidentes que a gente precisa revisar. De qualquer forma, ficar na pista andando rápido e, cara, usar o Fan Push, aquele que o público votou, me ajudou", disse em referência a um botão que facilitava a ultrapassagem e que foi colocado no carro de apenas cinco pilotos.
"Vou sempre me emocionar, porque não posso me esquecer do problema de saúde que tive no começo do ano (sofreu um AVC). Com 46 anos, competitivo desse jeito, só posso agradecer aos céus de verdade", discursou.
Foi a primeira vez que a Corrida do Milhão aconteceu em um circuito de anel externo. O traçado de 2.696 metros proporcionou as médias de velocidades mais altas da Stock Car, com os carros completando uma volta a até 204 km/h de média.
Na linha de chegada, os três primeiros receberam a bandeirada separados por apenas 1,2 segundo.
Sobre o dinheiro que receberá, avisou que já tem destino. "Vou usar a minha parte no Instituto Barrichello, que faz um trabalho bem bacana e, como todo instituto, sofre as suas dificuldades para tentar ajudar o Brasil a melhorar um pouco", concluiu.
O segundo lugar ficou com Max Wilson, com Antonio Félix da Costa em terceiro. Felipe Fraga terminou em quarto, seguido por Marcos Gomes. Ricardo Zonta foi o sexto, com Allam Khodair em sétimo, Daniel Serra em oitavo, Guga Lima em nono e Bia Figueiredo em décimo. Felipe Massa, após o furo de pneu com a saída de pista, concluiu em 24º lugar.

A Stock Car volta em ação dentro de duas semanas com a sétima etapa da temporada em rodada dupla que será disputada em Campo Grande.
Estadão Conteúdo

0 comentários:

Postar um comentário