domingo, setembro 30, 2018

Essas são do mineirin; e boas sô!!!.



O mineirinho trabalha num frigorífico da Sadia

Ele já está lá há anos, e um dia ele confessa à esposa que tem uma

compulsão terrível: uma vontade louca de enfiar o pinto na cortadora de salame.

A mulher sugere que ele vá ver um psicólogo, mas ele não vai!

Um dia ele chega em casa cabisbaixo. Sua mulher percebe que há algo errado.
Pergunta o que foi. 

Ele responde:
Lembra quieu cumentei cocê quistava cuma cumpussão di meter o pinto na
cortadora de salame?


Oh, não! - diz a mulher - você não fez isso!
Sim, eu fiz!
Meu Deus, o que aconteceu?
Fui dispidido - responde o marido.
Mas, e a cortadora de salame?
Uai, coitada da moça, foi dispidida tamém

O ‘mineirim’ andava de ‘oio’ na ‘cumadi’. 
Sabendo que ela lhe correspondia nos olhares e que o ‘cumpadi’ tinha viajado, foi até ao sítio dela, em busca de aventura.

Lá chegando a comadre o recebeu alegremente e tiveram o seguinte dálogo:

- ‘Cumpadi’, ‘ocê’ ‘puraqui’…

- Pois é ‘cumadi’, ‘nungüentei’ mais e vim te ‘vê’… Agora estou em dúvida se ‘nois’ transa ou toma um café…

E a comadre, cheia de charme:

- ‘Uai’, ‘cumpadi’, ‘num’ é que ‘ocê’ me pegou sem pó?…


Dois mineiros estavam conversando e um mineiro perguntou para o outro: 
– O compadre o que você acha de nudez? 
O outro mineiro responde: – A compadre é melhor nudez, do que no nosso!!!

Um mineiro foi visitar o compadre e tendo intimidade, entrou na casa sem bater. 
O compadre estava sentado num sofá assistindo televisão. 
O mineirinho então cumprimenta : Oi cumpadri, firme? 
O compadre responde: Nada sô, futebor…  

Um avião cheio de políticos caiu no campo. 
Três caipiras que viram o acidente foram até lá e enterraram todos. 
Logo apareceu um helicóptero, de onde desceu um bombeiro, que perguntou:
Vocês viram os políticos que estavam nesse avião?
A gente enterrou “eles”, senhor.
Mas vocês verificaram se algum estava vivo?
Ah, moço, quando a gente perguntou, eles até levantaram a mão. Mas o senhor sabe como político é tudo mentiroso…

O caipira vai ao dentista: 
– Dotô, quanto custa pra arrancá um dente? 
– São cem Reais! 
– Creio em Deus padre! Cem rear? Só pra arrancá um dentin? 
– Exatamente! 
O caipira virou-se para ir embora, mas logo voltou: 
– E se for só pro senhor deixá meio bambo?

0 comentários:

Postar um comentário