segunda-feira, setembro 03, 2018

Etanol cai em 17 Estados e no DF, diz ANP; preço médio sobe 0,19%


Os preços do etanol hidratado recuaram nos postos de 17 Estados brasileiros e no Distrito Federal na semana passada, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas.
Em outros cinco Estados houve alta e, no Paraná, Rondônia e Mato Grosso do Sul os preços não variaram. No Amapá não foi feita a avaliação.
Na média, os preços do etanol nos postos brasileiros pesquisados pela ANP registraram alta de 0,19%, em comparação com recuo de 0,94% na semana anterior.
Os preços médios do etanol continuam vantajosos sobre os da gasolina nos cinco Estados entre os maiores produtores do País - São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Goiás e Mato Grosso. O uso do bicombustível é também favorável no Rio de Janeiro, maior produtor brasileiro de petróleo, e no Distrito Federal.
O levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana-de-açúcar ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.
Em Mato Grosso, o hidratado é vendido em média por 54,84% do preço da gasolina, em São Paulo por 57,01%, em Minas Gerais a 59,16% e em Goiás por 59,89%.

No Paraná a paridade está em 61,90%, no Rio de Janeiro em 65,99% e no Distrito Federal em 69,92%. Na média brasileira, a paridade é de 59,06% entre os preços médios do etanol e da gasolina, também favorável ao biocombustível.

0 comentários:

Postar um comentário