quinta-feira, setembro 27, 2018

Termina nesta sexta-feira prazo para sacar PIS e Pasep, quase 67 mil ainda não retiraram os valores


Prazo para saque dos recursos do PIS e do Pasep por cotistas com menos de 60 anos termina nesta sexta-feira (28-09-18). Em Mato Grosso, ainda há cerca de R$ 105,9 milhões a serem retirados por 66,922 mil cotistas, de acordo com dados da Caixa e Banco do Brasil. Em todo o Estado, aproximadamente R$ 66,955 milhões de recursos do PIS estão disponíveis para 51,522 mil trabalhadores da iniciativa privada. Para o Pasep, voltado ao servidores públicos, há 15,4 mil cotas, que somam R$ 39 milhões.

Têm direito ao saque todos os trabalhadores que atuaram entre 1971 e 1988 na iniciativa privada (com carteira assinada) ou no serviço público. O taxista Anastácio Camargo, 50, é um dos trabalhadores contemplados que ainda não fizeram o saque. “Vi no mês passado que tinha cerca de cerca de R$ 200 para receber, de quando trabalhei nessa época, e já fui duas vezes lá, mas estava superlotado, por isso não saquei ainda”, afirma. Mas, como o prazo termina na sexta-feira, ele planeja enfrentar a fila. 

De acordo com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, cerca de R$ 17 bilhões já foram pagos desde o início da flexibilização dos saques, em outubro de 2017, até agora, a 15,5 milhões de trabalhadores, com cobertura de 55%. Cerca de R$ 8,5 bilhões foram entregues aos trabalhadores por meio de depósito automático em suas contas correntes no Banco do Brasil, Caixa Econômica ou outros 8 bancos. Porém, cerca de 5 milhões de cotistas não receberam os depósitos automáticos, portanto devem comparecer às agências, sendo o Banco do Brasil para o pagamento do Pasep e a Caixa Econômica para o PIS.

Após o prazo final, os saques ficarão restritos aos cotistas que atendem a um dos critérios habituais, como pessoas com 60 anos ou mais, aposentados, herdeiros de cotistas, pessoas em situação de invalidez ou acometidos por doenças específicas, informa o Ministério do Planejamento.

Com informações da Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário