quinta-feira, outubro 18, 2018

Ministério Público e prefeitura de Várzea Grande lançam programa de proteção à criança e ao adolescente


O Ministério Público de Mato Grosso e a Prefeitura de Várzea Grande lançaram na manhã desta quinta-feira (18-10-18) o Projeto “Prevenção Começa na Escola”, que visa através de apresentações teatrais, musicais, entre outras, combater todos os tipos de violência contra crianças e adolescentes.
Os eventos visam estimular o debate dos temas como bullying, violência doméstica, racismo, violência sexual entre outras. “Queremos efetivamente construir um mundo melhor para todos indistintamente, sendo que para isto temos que fazer o enfrentamento dos problemas e não apenas de violência, pois queremos avançar, inclusive na qualidade de vida nas cidades, como a questão ambiental e também despertando a responsabilidade de todos como cidadãos”, disse o procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo que juntamente com a prefeita Lucimar Sacre de Campos lançaram na EMEB Emanuel Benedito de Arruda em Várzea Grande o programa.
A Escola Emanuel Benedito de Arruda de Várzea Grande ganhou prêmio nacional de gestão 2017 do Estado de Mato Grosso pelo desempenho e a capacidade, além do nível de aprendizado dos alunos, mensurado através do IDEB que concedido pelo Ministério da Educação.
A violência é uma das questões sociais que mais causam preocupação e é abordada como um problema de saúde pública em todo o mundo. Dentre os tipos de Violência Infantil, a Violência Intrafamiliar Infantil é definida como aquela que acontece dentro da família ou até mesmo no lar onde a criança convive, cometida por algum parente ou pessoas que tenham função parental, ainda que sem laço de consanguinidade, e pode ser caracterizada de formas diferentes como: física, psicológica, sexual, negligência, o bullying e a pedofilia.
Para a prefeita é imperativo expandir as ações de prevenção para toda comunidade e incentivar as parcerias com entidades públicas, privadas e da sociedade civil organizada, promovendo a execução dessas políticas, assegurando seus resultados práticos.
Durante a realização do projeto “Prevenção Começa na Escola”, que se inicia na data de hoje e vai até o dia 8 de novembro, 16 escolas municipais de Várzea Grande foram envolvidas, tendo um cronograma pré-estabelecido, onde todas as unidades irão apresentar alguma manifestação artística sobre o tema, que poderá ser: espetáculo teatral, musical ou dança, além da realização de uma palestra para os alunos, proferida por uma autoridade convidada.
Na etapa municipal, as escolas envolvidas concorrerão entre si com suas apresentações artísticas e as duas finalistas irão se apresentar na etapa final do Projeto, no auditório do Ministério Público em Cuiabá. Prado informou ainda que o projeto conta com a parceria da Cia. de Teatro “Vostraz”, legitima representante várzea-grandense no cenário teatral de Mato Grosso.
Para o secretário Silvio Fidelis, os efeitos da exposição à Violência Infantil podem ser observados nas funções cognitivas e emocionais, na dinâmica escolar e social, com sintomas mais frequentes que podem ser detectados pela falta de motivação, isolamento, ansiedade, comportamento agressivo, depressão, baixo desempenho e evasão escolar, dificuldade de aprendizagem, pouco aproveitamento, repetência e até a necessidade de educação especial. “Neste sentido, o projeto se torna importante por trazer para a escola esse debate que irá contribuir para o melhoramento da relação entre estudantes, família e comunidade” ressaltou. 
Secom Prefeitura de VG

0 comentários:

Postar um comentário