domingo, outubro 21, 2018

Você sabia? curiosidades sobre animais




É verdade que o camarão tem o coração na cabeça?
Sim, é verdade. Aliás, não só o coração mas também praticamente todo o sistema digestivo desse crustáceo se localiza na cabeça. "O hepatopâncreas é um sistema glandular que tem funções de fígado, de pâncreas e também de estômago. Ele está localizado dentro do cefalotórax, a região do corpo dos crustáceos e aracnídeos formada pela fusão da cabeça e do tórax", diz o biólogo Edemar Roberto Andreatta, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A anatomia do camarão se caracteriza pelo corpo semitransparente, com abdômen flexível. Ele tem antenas longas e apêndices modificados que o ajudam a nadar. Dependendo da espécie, seu tamanho varia de poucos milímetros a mais de 20 centímetros.
Como o beija-flor fica suspenso no ar?
Em primeiro lugar, a agilidade dessa ave é garantida pela velocidade do batimento de suas asas, muito maior que a de outros pássaros - chegando, em alguns casos, ao impressionante número de 80 batidas por segundo. Mas o verdadeiro segredo é outro. "Ao contrário das outras aves, o beija-flor não agita as asas para cima e para baixo, mas para frente e para trás, na horizontal", afirma o ornitólogo Luiz Francisco Sanfilipeo, do Parque Zoológico de São Paulo. Como a ligação da asa com o corpo não é rígida, ela pode ser revirada como uma hélice. Assim, de maneira semelhante a um helicóptero, formam-se redemoinhos de ar que mantêm o pássaro pairando. Esse vôo invertido, porém, só é adotado quando o beija-flor quer se alimentar, dispensando-o de pousar junto às flores. Outra coisa: se a força realizada com a asa na posição dianteira fosse a mesma da posição traseira, o beija-flor não se moveria.
Mas o bichinho desloca-se para frente e para trás alterando a potência em cada uma das fases da batida. O vaivém de poucos centímetros para frente e para trás é necessário para ficar em uma posição mais cômoda em relação à flor...


Para que servem as asas dos pinguins?
Ao contrário do que ocorre com a maioria das aves, as asas deles não são usadas para voar, mas para dar uma forcinha embaixo d'água. Elas atuam na verdade como eficientes nadadeiras, com penas muito semelhantes às escamas dos répteis: estruturas rígidas que as fazem funcionar como verdadeiros remos. Depois que empurram a água, as asas retornam junto às laterais do corpo, reduzindo o atrito e levando o bicho a aproveitar ao máximo o impulso obtido.
Graças a essa característica, os pinguins são as aves campeãs em velocidade na água, o que lhes permite perseguir cardumes e capturar peixes com grande sucesso. Os pinguins possuem um único tipo de pena, muito pequena, que recobre seu corpo inteiro e que, além de ajudar durante o nado, serve para protegê-los das baixíssimas temperaturas polares. A maioria das 18 espécies desse pássaro existentes no planeta habita o continente gelado da Antártida. Uma das raras exceções é o chamado pinguim-de-galápagos (Spheniscus mendiculus), encontrado na região equatoria
Empolgados
Territoriais e cheios de testosterona nas veias, os bisões brigam bastante para proteger a área em que vivem. Os duelos criam tanta excitação que os brutamontes extravasam, em geral, na cruza. Como as fêmeas só acasalam uma vez ao ano, às vezes acaba sobrando para os machos mais fracos
Aquecimento
As fêmeas dos antílopes se relacionam entre si cerca de duas vezes por hora durante a temporada de acasalamento. Essas relações servem, digamos, para estimular a cruza delas. Durante o namoro, uma perseguidora se insinua por trás de uma amiga e levanta a pata dianteira, tocando-a entre as pernas
Total Flex
As morsas amadurecem sexualmente após os 4 anos de idade. Antes, têm relações homossexuais, como um “aprendizado”. Os machos normalmente são bissexuais: cruzam com fêmeas na época de reprodução e com machos o resto do ano, já que nem sempre as fêmeas estão disponíveis
Pelo bem das crianças
Para os albatrozes, não tem tempo ruim. Em época de reprodução, essas aves formam grandes colônias e, se houver uma desproporção entre a quantidade de machos e fêmeas para construir um ninho e chocar os ovos, casais do mesmo sexo se formam numa boa para criar os pequenos

0 comentários:

Postar um comentário