terça-feira, novembro 13, 2018

Mauro Mendes quer servidor cumprindo oito horas diárias, assim como outros trabalhadores


O governador eleito de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) anunciou, via assessoria, que vai reativar a carga normal de trabalho dos servidores públicos do Estado. A partir de 2019 voltará a ser de 8 horas diárias.  
Desde setembro 2016, sob o argumento de fazer economia de cafezinho, energia elétrica, telefone, combustível, água mineral e outros, foi adotada a carga de 6 horas diárias.   

Segundo levantamentos feitos pela equipe de transição de Mauro Mendes, essa economia não foi significativa e prejudicou o atendimento ao contribuinte.  

Para o governador eleito, a reedição da carga de oito horas trará maior produtividade e eficiência nos serviços prestados pelo Estado ao cidadão, inclusive no que tange ao aumento da arrecadação.  "Nesse momento de crise, precisamos mover esforços conjuntos para que os cortes que iremos promover em secretarias e cargos não comprometam a qualidade dos nossos serviços. Teremos que otimizar e a carga horária de oito horas é imprescindível para que isso aconteça", relatou.  

Mauro adiantou que ainda não há uma definição sobre o horário exato da nova carga.

As informações são da assessoria de imprensa

0 comentários:

Postar um comentário