sábado, novembro 24, 2018

Rodada do Brasileirão pode ter campeão e outros rebaixados


A 37ª rodada do Brasileirão, que será aberta neste sábado com o jogo isolado entre Santos e Atlético-MG, às 20h, na Vila Belmiro, poderá definir todas as peças do tabuleiro do campeonato, do campeão aos classificados para a Copa Libertadores, além dos três outros times que se unirão ao já rebaixado Paraná na turma que disputará a Série B em 2019.
Começando pela parte de cima da tabela, o décimo título brasileiro do Palmeiras poderá vir de duas formas: se o clube derrotar o Vasco em São Januário, no domingo, às 17h, não dependerá de mais ninguém. Mas mesmo que perca dos vascaínos e o Flamengo, no máximo, empate com o Cruzeiro, no Mineirão, no mesmo horário, a taça estará garantida. Isto porque a distância entre líder e vice ficaria em quatro pontos, com apenas mais um jogo a ser realizado.
As duas outras vagas do G4 estão em disputa entre três times: Internacional (65 pontos), Grêmio (62) e São Paulo (62). A única forma de se definir o grupo já nesta rodada é se o Inter ao menos empatar com o Fluminense, em casa, o Grêmio derrotar o Vitória, em Salvador, e o São Paulo não ganhar do Sport, no Morumbi, no duelo que fecha a jornada, segunda, às 20h. Neste cenário, os paulistas não conseguiriam mais alcançar os gaúchos. O único que depende apenas de si para se garantir na fase de grupos da próxima Libertadores é o Inter, caso some três pontos no Beira-Rio.
A última vaga no G6 também pode ser sacramentada caso o Atlético-MG, com 56 pontos, vença o Santos, e o Atlético-PR, que tem 53, não ganhe do Ceará. Ou se os mineiros empatarem e os paranaenses perderem.
REBAIXAMENTO - Na parte inferior da tabela, uma vitória da Chapecoense (40 pontos) sobre o Corinthians, em Itaquera, somada a tropeços de Sport (38), América-MG (37) e Vitória (36), que poderiam no máximo empatar com São Paulo, Bahia e Grêmio, respectivamente, decretaria de uma vez só a queda do trio para a Segundona.
O Corinthians está quase salvo. O site Infobola, do matemático Tristão Garcia, dá só 1% de risco de rebaixamento para a equipe de Jair Ventura, que tem 43 pontos. Vitória (97%), América-MG (87%) e Sport (73%) são os mais ameaçados. A Chapecoense tem 31% de risco de cair. Ceará (3%), Vasco (4%) e Fluminense (4%) completam a lista.
 

0 comentários:

Postar um comentário