domingo, dezembro 23, 2018

Dados oficiais do Estado mostram que Mato Grosso registrou 838 assassinatos até novembro de 2018



Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e apontam que 838 pessoas foram vítimas de assassinato em Mato Grosso entre janeiro e novembro de 2018, o que representa, em média, 2,5 execuções por dia.

O índice equivale a 26,5 mortes por 100 mil habitantes. Apesar disso, a taxa de mortes por homicídio reduziu 6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve 888 assassinatos.

Em termos percentuais, levando em consideração uma projeção do mês de dezembro (que ainda não está consolidado), a redução é de aproximadamente 7% em relação ao ano anterior. 

Em Cuiabá, também levando em conta a estimativa de dezembro, que é de 114 casos, o registro de homicídio é o menor desde 2007, quando houve 206 mortes. Este número chegou a 245 em 2014 e vem sendo reduzido ano a ano.

 
Já Várzea Grande apresenta o segundo menor registro em 11 anos, já que a estimativa de dezembro de 2018 é de 79 casos, contra 96 registrados em 2007.

Além disso, segundo a pasta, foram registrados 33 casos de latrocínio (roubo seguido de morte) e 25 casos de crime de lesão corporal seguida de morte em todo o Estado.

O levantamento, que foi realizado e divulgado pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Sesp, também destaca que Mato Grosso  teve 17.237 ocorrências de roubo registradas, enquanto o número de furtos totalizaram 43.230. Além disso, foram 2.127 registros de roubos de veículo.


Quanto à apreensão de drogas, foram apreendidos 11,9 mil kg em 2018, entre maconha, cocaína, pasta base e crack.

0 comentários:

Postar um comentário