domingo, janeiro 13, 2019

Fazer exame preventivo da próstata faz toda diferença no tratamento


As autoridades em saúde dizem que o número de casos de câncer de próstata cresce ano após ano, já que há uma negativa muito grande dos homens em realizar o exame que é feito via toque retal. 

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) indicam que em todo o país, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre o sexto masculino.
Diante desta realidade nacional, é importante dizer que fazer o diagnóstico precoce faz toda diferença. Pois saber o diagnóstico o mais rápido aumenta a chance de cura. 95% dos casos no Brasil são curados quando o tratamento é feito ainda na fase inicial.
Autoridades médicas dizem ainda que os homens que tiveram casos positivos na família, com o parentesco de pai e filho, tem mais chances de desenvolver a doença. Nestes casos é mais indicado iniciar os exames precocemente.
Obesidade, tabagismo, sedentarismo e histórico familiar são considerados os fatores de risco. Dai, a necessidade de ter hábitos saudáveis, fazer atividade física e realizar os exames periódicos, tudo isto irá contribuir para evitar a doença.
Na maioria dos casos, o tratamento para este tipo de câncer é feito através de cirurgia e radioterapia.
Em Cuiabá, o Hospital do Câncer atende pacientes da capital e do interior do estado. Para ajudar na prevenção, são realizadas diversas campanhas em todo o estado para conscientizar a população sobre os tipos mais comuns de câncer como o de próstata, mama, colo do útero e de buco-maxilo. 
Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário