quinta-feira, janeiro 03, 2019

Musculação não emagrece? Descubra se isso é verdade - Drº Fábio Costa


Um do mitos mais comuns que existem é o de que a musculação não faz ninguém emagrecer e que somente os trabalhos aeróbicos são capazes de fazer perder peso. Para compreendermos essa relação, o primeiro ponto a discutir é entender a diferença entre perder peso e emagrecer.

Perder peso é algo extremamente fácil, digo fácil mesmo, basta você desidratar numa sauna que perde peso. Nesse sentindo, alguém pode até dizer que o que se perde depois volta tudo. Mas é isso mesmo, pois perder peso é assim, vai fácil e volta fácil. O grande diferencial está em emagrecer, que é fazer o seu organismo perder massa gorda. Gordura. Ai é que entra a musculação.

Nosso organismo funciona como uma balança. De um lado o que consumimos e do outro o que gastamos. Assim se eu aumento meu gasto, mesmo que não diminua o que consumo, vou emagrecer. Um trabalho do Professor Luiz Carlos de Moraes (CREF/1RJ 003529) traz algumas visões interessantes.

A musculação é um trabalho que também pode proporcionar a queima de massa gorda. Para entendermos melhor como isto acontece, devemos aprender um pouco sobre taxa metabólica de repouso (TMR). A TMR nada mais é do que o quanto que gastamos de energia para manter as funções vitais durante o repouso.

Para se calcular o gasto energético em repouso, existem fórmulas complexas que levam em conta a área corporal e a idade. Porém, uma outra fórmula mais simples de se calcular o gasto calórico em repouso é pelo método mostrado no livro Guia de Nutrição Esportiva de Nancy Clark, no qual se utiliza a seguinte fórmula:
TMR = Peso corporal (kg) x 22 calorias
Depois de calculada a TMR, é preciso somar ainda o gasto energético de suas atividades diárias (trabalho, deslocamento, atividades no lar). Não considere a sua atividade física esportiva.

Mas que esta taxa metabólica em repouso tem a ver com a musculação? O aumento de massa muscular provocado pela musculação faz com que a taxa de repouso também aumente, pois a massa muscular consome energia ativamente mesmo durante o repouso.

Isso mesmo. Quem faz musculação queima gordura quando está parado. Em um estudo (Nelson, 1994), feito com homens e mulheres de 50 a 70 anos que realizaram um trabalho de musculação 3 dias por semana durante 12 semanas, foi observado que a TMR aumentou 15% e isto representou uma perda de 2 kg de massa gorda, sem que tivesse sido feita nenhuma dieta.

Quando você compara a musculação com atividades aeróbicas o que se observa é uma maior queima durante a atividade aeróbia, mas que no término do exercício, esse processo também encerra. Já a musculação, mantém você “queimando” a gordura. Ou seja, elas se compensam.

Logo, tanto a atividade aeróbia quanto a musculação proporcionam a perda de massa gorda. E qual das duas proporciona maior queima? Isto vai depender do tipo de atividade aeróbia escolhida, da intensidade, duração e também da sobrecarga da musculação.

Um trabalho de fortalecimento muscular pode ajudar nas suas atividades diárias, melhorar a sua postura, evitar lesões comuns em atividades aeróbias e outros benefícios, além de ajudar na queima de massa gorda. Seja qual for a sua escolha, musculação, aeróbia ou ambas, o mais importante é entender que bem orientado você pode atingir grandes resultados para a sua composição corporal e qualidade de vida.

Fábio Costa é médico ortopedista especializado em Patologias do Joelho pela Universidade de São Paulo (USP), com atuação em Traumatologia Esportiva e Performance Humana, além de pós graduando em Nutrologia Esportiva e Médico Oficial do UFC.
Instagram: @drfabiocosta

0 comentários:

Postar um comentário