quarta-feira, fevereiro 20, 2019

Juiz da Segunda Vara Criminal de Cuiabá determina que João Emanuel vá para prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica


O juiz Leonardo Pitaluga, da Segunda Vara Criminal de Cuiabá, determinou que o ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, João Emanuel, vá para prisão domiciliar. A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira (20-02-19), durante audiência Audiência admonitória. Essa audiência serve para o magistrado estabelecer condições para o cumprimento do novo regime. Caso o apenado não cumpra as determinações, pode provocar a regressão de regime.

O juiz informou que Mato Grosso não tem local apropriado para o regime semiaberto, como colônia penal, e por isso determinou a prisão domiciliar de João Emanuel, com tornozeleira eletrônica. 

João Emanuel terá que estar em casa todos os dias das 22h às 6h da manhã, deverá comparecer mensalmente ao juízo, e está proibido de frequentar bares e outros. Também não pode portar arma branca nem de fogo, nem se envolver em novos crimes. 

Leia também..


Ex-vereador João Emanuel pode ser posto em liberdde nesta quarta-feira

0 comentários:

Postar um comentário