quinta-feira, fevereiro 07, 2019

Mamadeira boa: ex-deputado não se reelege mas ganha cargo de assessor na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.


Os políticos não gostam quando a população faz insinuações nada elogiosas sobre a classe. Mas parece que eles fazem um esforço danado para que fiquem na boca do povo de forma pejorativa. Se não for por propina e maços de dinheiro que até vão ao chão, como pagamento de mensalão, é por desvio na cara dura  ou por apadrinhamentos, entre outros.

Agora, o ex-deputado José Domingos Fraga (PSD),  para não deixar as benesses do poder,   foi nomeado para atuar na Consultoria Técnica Jurídica da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). 

A oficialização do ato circula na edição de hoje (quinta-feira 07-02-19) do Diário Oficial da Assembleia, com data de 6 de fevereiro. Domingos Fraga atuará como Secretário Parlamentar da Mesa Diretora, com salário de R$ 18 mil por mês. 

O ex-deputado é irmão de Neurilan Fraga, que mesmo sem exercer cargo de prefeito, achando uma brecha no estatuto da Associação Mato-grossense do Municípios (AMM), preside a entidade que representa os prefeitos do estado de Mato Grosso.

O ex-deputado domingos Fraga não chegou a concorrer nas eleições do ano passado, pois tinha como certa uma derrota nas urnas. Abalado publicamente pela gravação do ex-governador Silval Barbosa, em que mostra vários parlamentares recebendo maços de dinheiro que seria “mensalinho” durante 2013, ele desistiu de disputar a reeleição e chegou a buscar ocupar a vaga aberta no Tribunal de Contas do Estado (TCE), que só foi liberada nesta semana por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

0 comentários:

Postar um comentário