sábado, fevereiro 02, 2019

Metade dos homens nunca foi a urologista, aponta pesquisa



Metade dos homens brasileiros nunca foi ao urologista. Essa foi a constatação de uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU. Segundo o levantamento, realizado em parceria com o laboratório Bayer, 51% dos 3.200 homens entrevistados nunca foram ao especialista.
Medo e falta de tempo foram motivos apresentados pelos entrevistados na pesquisa, feita em oito capitais: São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Salvador e Recife - foram ouvidos 400 homens de cada cidade, com idade a partir de 35 anos. 

A idade geralmente indicada para que os homens busquem especialistas para verificar o risco de câncer de próstata é aos 50 anos e grande parte dos homens não vai ao urologista antes dessa idade.
Dos 1.585 homens que afirmaram que vão ao urologista, 28% disseram que comparecem às consultas uma vez por ano e 15% disseram que tinham ido há mais de três anos. 
Um dado que surpreendeu os especialistas foi o alto índice de automedicação em casos de disfunção erétil. A pesquisa mostrou que 62% dos homens usaram estimulantes sem indicação médica, dos quais 41% por recomendação de amigos e 47% com o objetivo de aumentar o apetite sexual. 39% compraram por indicações em farmácias. 

Entre os entrevistados na pesquisa, 71%, ou 2.272 homens, não sabem quais são os sintomas da andropausa, denominação popular para o distúrbio androgênico do envelhecimento masculino, que é uma das causas da disfunção erétil. 

0 comentários:

Postar um comentário