sábado, março 02, 2019

Para pensar...



BOA RESPOSTA

Um  mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto, quando ele vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. Então o mecânico pára e pergunta:

-Ei doutor, posso lhe fazer uma pergunta?

O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa:

-Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as ponho-as de volta e fecho novamente, e quando eu termino,ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então, que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo?

Então o cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala bem baixinho para o mecânico:
- Você já tentou fazer como eu faço, com o motor funcionando?

Conclusão:

“QUANDO A GENTE PENSA QUE SABE TODAS AS RESPOSTAS, VEM A VIDA E MUDA AS PERGUNTAS”.


PROBLEMA É SÉRIO

O sujeito vai ao psiquiatra.

- Doutor – diz ele – estou com um problema: Toda vez que estou na cama, acho que tem alguém embaixo. Aí eu vou embaixo da cama e acho que tem alguém em cima. Pra baixo, pra cima, Pra baixo, pra cima.
Estou ficando maluco!

- Deixe-me tratar de você durante dois anos, diz o psiquiatra. Venha três vezes por semana e eu curo esse problema.

E quanto o senhor cobra? - pergunta o paciente.

- R$ 120,00 por sessão – responde o psiquiatra.

- Bem eu vou pensar – conclui o sujeito.
Passados seis meses eles se encontram na rua.

- Porque você não me procurou mais? Pergunta o psiquiatra.

- A 120 paus a consulta, três vezes por semana, durante dois anos, ia ficar caro demais, ai um sujeito no bar me curou por 10 reais.

- Ah é? Como? Pergunta o psiquiatra.

O sujeito responde:
- Por 10 reais ele cortou os pés da cama...

Moral da história:

MUITAS VEZES O PROBLEMA É SÉRIO, MAS A SOLUÇÃO PODE SER MUITO SIMPLES.

HÁ UMA GRANDE DIFERENÇA ENTRE FOCO NO PROBLEMA E FOCO NA SOLUÇÃO.





0 comentários:

Postar um comentário