segunda-feira, maio 20, 2019

Resumo de Novelas - 20 de Maio







MALHAÇÃO TODA FORMA DE AMAR
Rita se tranquiliza quando Lígia deixa a pracinha, mas Filipe afirma que não mentirá para a família. Camelo e seus amigos fazem uma roda de rap na porta da escola. Peixoto descobre que Anjinha e Cléber estão namorando. Neide e a diretora do colégio resolvem fazem uma assembleia no colégio. Cléber inventa uma desculpa para não entregar um lanche na casa de Anjinha, e Thiago se irrita. 
 www.siqueiranews.com

ORFÃOS DA TERRA
Camila pede que Miguel compareça à inauguração da casa de jogos. Dalila afirma a Paul que Miguel cairá em sua armadilha. Padre Zoran fala sobre a empresária síria que pretende ajudar o centro de refugiados. Jean conta para Teresa que terminou seu relacionamento com Marie. Elias garante a Laila que se afastará de Helena. Miguel vai à casa de jogos, e Paul fica satisfeito. Missade comenta com Laila e Jamil que pretende montar uma barraca para vender comida árabe. 
  www.siqueiranews.com

VERÃO 90
Janice repreende Janaína por desconfiar de Herculano. O plano de Lidiane para se reaproximar de Mercedes fracassa. Gisela sente ciúmes da forma carinhosa como Patrick trata Tânia. Janaína descobre que uma receita similar a sua foi comprada por uma empresa de doces. Murilo divulga as agressões de Candé em seu programa. Floriano estranha as atitudes supersticiosas de Álamo. 
 www.siqueiranews.com

A DONA DO PEDAÇO
Maria da Paz ainda criança aprende a fazer bolos com a avó Dulce. Adão e Ademir recebem um pagamento por um serviço. Passagem de tempo. Maria faz um bolo de aniversário para as sobrinhas Virgínia e Fabiana. Dulce presenteia suas duas bisnetas com um amuleto. Maria conhece Amadeu. Maria e Amadeu descobrem que suas famílias são rivais. Maria conta sobre Amadeu para a família e é proibida de voltar a vê-lo. 
  www.siqueiranews.com

POLIANA
Yasmin inventa ao clubinho MaGaBe que Filipa é uma android. Hugo e Éric armam um plano para causar no concurso de beleza. Brenda e Gabi culpam Mirela sobre a proibição do uso dos celulares. Gleyce procura Arlete e Vini e oferece para que eles passem um tempo em sua casa – que está cheia de entulho. Jeff vê Kessya chorando na escola e tenta consolá-la. Na sala de dança, Poliana se esforça para acertar os passos de balé e Luísa chega, aconselhando a menina de acordo com suas experiências no passado.
 www.siqueiranews.com

A QUE NÃO PODIA AMAR
Cinthia não perde a chance de humilhar Rosaura e Miguel. Depois diz ao irmão que já ficou sabendo que não haverá viagem de lua de mel e com certeza também pedirá o divórcio a Ana Paula. Furioso, Rogério diz que jamais se divorciará. Firmino conversa com Gustavo sobre o interesse que sua nora tem por ele e diz que gostaria muito que Carmem pudesse refazer sua vida ao lado de um homem como ele. 
 www.siqueiranews.com

JEZABEL
Um homem tenta apunhalar Aisha, mas Samira intervén, empurrando-a. Samira acaba sendo atingida na barriga. Miguel carrega Aisha em direção ao palácio. Jezabel cobra Hannibal que afirma que pagou aos israelitas para que apunhalassem Aisha e se desculpa por eles terem errado o alvo. Jezabel ordena que Hannibal mate os homens que fizeram o serviço. Obadias tenta acalmar Samira. 
  www.siqueiranews.com

MINHA VIDA
O porteiro da mansão conta para Hulya que escutou Nuran e Efsun falando dela e de Mehmet. Efsun coloca Bahar para fora da casa de Ismail. Ylias diz para Nuran que ela merece ficar sozinha. Fulya recebe fotos de Mehmet e Hasret juntos.
Click aqui para ver matérias na página inicial

Horóscopo de hoje - 20 de Maio



Áries (21/03 a 20/04)
A sua produtividade tende agora a ser beneficiada pela organização, por isso, busque aprimorar as suas ferramentas para possibilitar melhores resultados.
www.siqueiranews.com

Touro (21/04 a 20/05)
Mesmo que você costume ter certeza do que deseja, é possível que hoje se depare com certas dúvidas. Lembre que essa pode ser uma oportunidade para repensar as suas decisões.
www.siqueiranews.com

Gêmeos (21/05 a 20/06)
Quando temos consciência das nossas verdadeiras capacidades, passamos a conduzir a vida com mais segurança e assertividade. 
www.siqueiranews.com

Câncer (21/06 a 21/07)
Os seus sonhos podem ser concretizados, basta que você adote uma postura mais pragmática para conseguir perceber as reais condições e possibilidades do caminho que irá percorrer. 
www.siqueiranews.com

Leão (22/07 a 22/08)
Hoje você deve sentir a sua criatividade aflorar, e a melhor maneira de aproveitar o momento é direcionando essa energia para os projetos que estão estagnados.
www.siqueiranews.com

Virgem (23/08 a 22/09)
A tendência é que você sinta a sua vivacidade e disposição aumentarem, e a melhor maneira de conduzir essa energia é realizando atividades que favoreçam o seu bem-estar.
www.siqueiranews.com

Libra (23/09 a 22/10)
As suas dúvidas devem hoje se dissipar, permitindo que você se expresse de forma mais assertiva e confiante. Aproveite então a oportunidade para compartilhar as suas ideias. 
www.siqueiranews.com

Escorpião (23/10 a 21/11)
É provável que hoje você se sinta mais vinculado com o seu trabalho, o que irá favorecer a realização das suas funções.
www.siqueiranews.com

Sagitário (22/11 a 21/12)
Caso algum obstáculo apareça no seu caminho ao longo do dia, a tendência é que você consiga superá-los positivamente, graças às intuições que tendem a lhe orientar. 
www.siqueiranews.com

Capricórnio (22/12 a 20/01)
Procure se recolher ao longo do dia para poder estar com os seus próprios pensamentos, analisando cada um deles com calma e tranquilidade. 
www.siqueiranews.com

Aquário (21/01 a 19/02)
A vida é repleta de oportunidades, e para que cada uma delas possa ser reconhecida é preciso que mente e coração estejam abertos. 
www.siqueiranews.com

Peixes (20/02 a 20/03)
Ainda que você possa estar se sentindo animado com os seus objetivos, é preciso ser prudente para evitar decisões impulsivas. O importante é equilibrar razão e emoção.
 

Veja as manchetes de jornais de circulação nacional - 20 de Maio



O Globo
Governo negocia mudanças no texto para aprovar reforma
A equipe econômica negocia mudanças no relatório da reforma da Previdência, a fim de facilitar sua aprovação. Técnicos do governo se debruçaram sobre o texto ontem. As possíveis concessões incluem a flexibilização na idade mínima de aposentadoria para professores e trabalhadores rurais, que passaria dos 60 anos previstos no texto original para 58 anos (mulheres) e 61 anos (homens). Também poderia haver mudanças no acesso ao BPC, pago a idosos e deficientes de baixa renda, e na proposta de capitalização. Mas a equipe econômica quer manter a previsão de economia de R$ 1 trilhão em dez anos.

No Rio, juízes ‘sem rosto’ deverão atuar contra o crime
Projeto inédito do Tribunal de Justiça quer criar colegiados de juízes “sem rosto”, que não serão identificados durante o processo, para atuar contra tráfico e milícias. Inspirada na experiência da Itália contra a máfia, a medida será decidida até junho pelo Órgão Especial. Há 21 juízes ameaçados, revela Elenilce Bottari .
www.siqueiranews.com

O Estado de São Paulo
Jogada eleitoral
O vereador carioca Cesar Maia (DEM), ex-prefeito do Rio, diz ao ‘Estado’ que indicação do ministro Sergio Moro para o Supremo elimina o “principal” rival do presidente Jair Bolsonaro em 2022.

Para Bolsonaro, não há ‘teoria da conspiração’
O presidente Jair Bolsonaro postou um vídeo no Facebook em que o pastor Steve Kunda, nascido no Congo e fundador de uma igreja evangélica na França, afirma que ele foi “escolhido por Deus” para comandar o Brasil. Ao compartilhá-lo, Bolsonaro escreveu que “não existe teoria da conspiração, existe uma mudança de paradigma na política” e que “quem deve ditar os rumos do país é o povo!”.
 www.siqueiranews.com

Folha de São Paulo
Em meio a crise, Bolsonaro testará força no Congresso
Desgastado por derrotas no Congresso e protestos de rua, o governo Jair Bolsonaro (PSL) terá de buscar em menos de 15 dias a aprovação de 11 medidas provisórias que estão prestes a perder sua validade. Entre elas está a que reorganiza os ministérios. Insatisfeitos, integrantes de diversos partidos avaliam se vale a pena deixar as MPs caducarem como um recado ao Palácio do Planalto —ou se assim estarão reforçando o discurso vitimista do presidente. As relações com o Congresso ficaram mais tensas depois de o mandatário ter compartilhado texto que chama o Brasil de ingovernável na ausência de conchavos. O governo tenta trazer de volta à pauta a reforma da Previdência Social, ofuscada nos últimos dias pelos protestos contra cortes nas universidades federais e pelas investigações que atingem o senador Flávio Bolsonaro. Em outra frente, o presidente quer mostrar que mantém apoio popular, depois de ter sido eleito com quase 58 milhões de votos. Estão convocados para domingo atos em defesa do governo.

Empresas deixam de lado piora do PIB em balanços
As empresas brasileiras com ações negociadas na Bolsa não citaram a piora de expectativas para o Produto Interno Bruto na divulgação de seus resultados no primeiro trimestre. Segundo levantamento feito pela Folha, 37 das 63 companhias não mencionaram problemas macroeconômicos. Só 18 manifestaram preocupação com o cenário. 
 www.siqueiranews.com

Correio Braziliense    
Distritais apresentaram 25 propostas relacionadas a mulheres em 2019
Em meio a números alarmantes de violência contra a mulher e feminicídios, projetos de lei voltados para questões femininas ganham destaque entre os parlamentares da Câmara Legislativa. Em 2019, os distritais apresentaram 26 proposições voltadas para as mulheres. Do total, nove passaram pelo plenário e foram sancionadas, quatro foram retiradas e 13 tramitam na Casa atualmente. Além disso, duas proposições da legislatura anterior tornaram-se lei neste ano.  Questões como violência contra a mulher, desemprego, desigualdade e saúde motivaram algumas das propostas discutidas na Câmara. O DF enfrenta uma onda de feminicídios. Nos primeiros quatro meses de 2019, houve 12 crimes do tipo na capital federal. 
 www.siqueiranews.com
                                        
O Dia
Túnel Acústico é totalmente liberado e cidade volta ao estágio de normalidade
A segunda-feira para o carioca começa com todas as vias expressas da cidade liberadas ao tráfego. No fim da madrugada desta segunda, às 4h45, o Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, que desde ontem estava apenas com a pista sentido São Conrado aberta, foi totalmente liberado ao trânsito. Na noite deste domingo, a Avenida Niemeyer, que até então funcionava no esquema "pare e siga", também voltou ao normal. Com a liberação das principais vias de ligação entre as zonas Oeste e Sul, a cidade voltou ao estágio de normalidade às 4h50. Na sexta, às 12h35, a prefeitura havia decretado estágio de crise, após a queda vigas de concreto do Túnel Acústico. Às 0h35 deste domingo, a cidade já estava em estágio de atenção.
 www.siqueiranews.com

A Tarde
Com um a mais, Bahia fica no empate sem gols com o São Paulo

O Bahia conquistou o primeiro ponto fora de casa neste Brasileirão, mas ficou aquele gostinho amargo. Às 11 horas deste domingo, 19, o Esquadrão encarou o São Paulo no Morumbi lotado e ficou no 0 a 0. A decepção ocorreu porque o time paulista teve um atleta expulso aos 26 do segundo tempo, mas o Tricolor baiano não aproveitou a vantagem numérica. Com o resultado, o Bahia perdeu a chance de se aproximar dos líderes e ficou com sete pontos, no meio da tabela. O São Paulo foi a 11. 

domingo, maio 19, 2019

Número de jovens que fazem intercâmbio cresce 20%


Muitos brasileiros estão buscando oportunidades no exterior, tanto de estudo quanto de trabalho. Este fator contribuiu para o crescimento do mercado brasileiro de educação internacional no ano passado. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Agências, o número de estudantes embarcando para fazer intercâmbio subiu para 20,46%, em 2018, o que significa que passou do total de 302 mil brasileiros para 365 mil.

Mesmo em tempos de crise no Brasil, o intercâmbio ainda é incentivado por professores e instituições, como é o caso da Associação Brasileira de Intercâmbio Profissional e Estudantil (Abipe). Renata Sztokbant, gerente de mobilidade internacional da Abipe, afirma que o intercâmbio não é um gasto, mas sim um investimento para o futuro.

Identificação é essencial
Para a professora Jussara, morar fora do Brasil é uma experiência de crescimento pessoal e profissional. “O melhor país é aquele com que você se identifica mais. Tem que gostar e identificar com a história e cultura do local. Não basta falar uma língua estrangeira, tem que saber sobre a cultura local, para inclusive saber utilizar a língua”, aconselha.

Existem muitas formas de fazer um intercâmbio, como curso de idiomas, estudo e trabalho e high school (em português: ensino médio).

Os destinos mais procurados são Canadá, EUA, Reino Unido, Irlanda, Austrália e Malta. Os aspectos que levam o estudante a optar por um destino é o câmbio favorável, em primeiro lugar, ser um país anglofalante, em segundo lugar, e que o local tenha qualidade de vida, terceiro lugar.

TIPOS DE INTERCÂMBIO
Curso de idiomas: Tem como objetivo o aprendizado de uma nova língua 
Graduação: Estudante pode cursar a graduação inteira ou parte dela 
Estudo e trabalho: Em geral,  visto permite que o estudante também trabalhe 
High school: Jovens entre 14 e 19 anos podem cursar um ano do ensino médio 
Voluntariado: Tem como objetivo trabalhos sociais de forma voluntária 
Au PAir: Programa de trabalho remunerado como babá 
Férias escolares: Jovens entre 10 e 17 anos viajam durante as férias

Estágio: Tem como objetivo o trabalho em uma empresa estrangeira

Ag. A TARDE

Especialista dá dicas para prevenir a dor de cabeça


19 de maio é comemorado o Dia Nacional de Combate a Cefaleia, incômodo que aparece na região da cabeça, acima dos olhos e das orelhas, e que atingirá 90% das pessoas pelo menos uma vez na vida. Estima-se que de 3% a 7% da população apresentam dores de cabeça frequentes, em mais de 15 dias por mês, durante pelo menos três meses seguidos.

Existem dois grupos de causas, entre as cefaleias primárias e as secundárias. “Nas cefaleias primárias, é obrigatória a presença da dor de cabeça, já na secundária este não é um sintoma comum. Há outra doença, como a sinusite, por exemplo, que pode levar à dor”, explica Victor Fiorini, professor de neurologia. 

Para o diagnóstico da condição, o médico realiza uma avaliação do paciente com perguntas sobre localização da dor, tipo (pulsátil, em peso), problemas associados (náuseas, incômodo à luz e ao barulho, alterações visuais) e o tempo de duração da crise de dor. Em seguida, faz questionamentos sobre a saúde em geral do paciente e realiza o exame clínico. “Com todas estas informações, o profissional deverá decidir se a dor é primária ou secundária. No caso de algumas cefaleias secundárias, são necessários exames complementares para fechar o diagnóstico”, comenta Fiorini. 

No caso das cefaleias secundárias, as causas podem variar de doenças benignas, como sinusite aguda, a males mais sérios, como aneurismas cerebrais ou tumores. A cefaleia pode eventualmente ser sinal de algum quadro grave, devendo o paciente procurar o atendimento sempre que apresentar uma dor de cabeça diferente da que costuma ter. 

Segundo o especialista, assim que o transtorno é confirmado, o tratamento depende do tipo de cefaleia. No caso de enxaqueca, o tratamento pode ser feito com analgésicos simples, anti-inflamatórios ou medicamentos mais específicos. Já para crises de enxaqueca frequentes, acima de duas vezes ao mês, pode ser prescrita uma medicação de uso diário que previna a ocorrência de dores. 

Confira quatro dicas para evitar a cefaleia: 

- Não fazer uso frequente de medicações analgésicas, ou seja, o uso constante de medicamentos contra a dor de cabeça pode causar a perpetuação do incômodo; 

- Muitos casos de cefaleias primárias podem ser evitados com medidas não farmacológicas, como alimentação saudável, sono regular, atividade física, evitar períodos de jejum prolongado, entre outras; 

- De modo geral, alimentos muito gordurosos, condimentados, chocolates, refrigerantes à base de cola, café, vinho, enlatados e embutidos são os que mais se associam ao desencadeamento de crises de cefaleia; 

- Evitar o uso de certos perfumes e exposição a ambientes muito iluminados.

O Estado de Minas

Dez questões sobre doenças inflamatórias intestinais


Uma das campanhas de saúde no quinto mês do ano é o maio roxo, que alerta e conscientiza sobre as doenças inflamatórias intestinais (DIIs), sendo o dia mundial lembrado em todo dia 19 de maio. A doença de Crohn e a retocolite ulcerativa são duas das DIIs mais comuns e os sintomas envolvem dor abdominal, perda de peso, diarreia e sangramento retal.
O ator Tyler James Williams, que conquistou sucesso ao interpretar o protagonista da série Todo Mundo Odeia o Chris, sofre com a síndrome de Crohn e usou as redes sociais, em abril, para desabafar sobre seu estado de saúde.
As doenças inflamatórias intestinais prejudicam significativamente a vida de 78% dos pacientes, segundo a pesquisa Jornada do Paciente com DII, feita pela Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD) com mais de 3 mil brasileiros afetados por essas condições.
Reconhecer os sintomas para o diagnóstico e o início do tratamento adequado são essenciais para proporcionar o bem-estar das pessoas. Para esclarecer as principais dúvidas sobre o tema, a gastroenterologista Marta Machado, presidente da ABCD, responde dez questões sobre as DIIs.
A retocolite ulcerativa e a doença de Crohn são iguais?
Não. As duas principais enfermidades que compõem o grupo das DIIs são inflamatórias, crônicas, sem cura e podem ter diversos fatores de origem. Entretanto, são enfermidades distintas. A doença de Crohn pode acometer desde a boca ao ânus, atingindo todas as camadas do trato digestivo e, por isso, pode evoluir para perfuração e estreitamento no intestino. Já a retocolite ulcerativa é restrita ao reto e ao intestino grosso, com o acometimento restrito à mucosa.
O paciente com DII tem febre e dor como sintoma?
Sim. A dor abdominal está presente quando a doença está em atividade e o paciente pode ter quadros de febre. Além disso, os principais sinais das doenças são diarreia ou constipação, presença de sangue ou muco nas fezes e distensão abdominal.
É possível ocorrer perda de peso e queda de cabelo?
Sim. A pessoa com DII pode sofrer um emagrecimento excessivo e também queda de cabelo. Isso ocorre por questões secundárias como a desnutrição, a falta de vitaminas ou como efeito colateral de alguma medicação.
As DIIs apresentam sinais apenas no trato gastrointestinal?
Não. As enfermidades podem apresentar manifestações além do intestino, como uveíte (inflamação no olho), artrite (inflamação das articulações), sacroileíte (inflamação na articulação do sacro, osso localizado na base da coluna vertebral), eritema nodoso (inflamação na pele), piodermite gangrenosa (feridas na pele), hidrosadenite supurativa (doença crônica de pele), hepatites, colangite (inflamação nos canais biliares), tromboses (coágulo no sangue), entre outras.
As DIIs podem ser confundidas com outras doenças?
Sim. Essas enfermidades podem ter inúmeras formas de apresentação com uma gama enorme de manifestações. Dessa forma, é essencial a realização correta e bem detalhada da história clínica do paciente e exame físico completo para o diagnóstico final.
Como é feito o diagnóstico?
As doenças inflamatórias intestinais são diagnosticadas por história clínica completa, exames físicos e laboratoriais, incluindo estudos de imagem endoscópica e radiológica.
A síndrome do intestino irritável é uma doença inflamatória intestinal?
Não. A SII não é considerada uma doença inflamatória intestinal, principalmente porque não causa inflamação no intestino. Trata-se de um transtorno funcional, uma vez que não há uma origem aparente para os sintomas, ao contrário das DIIs, que são enfermidades orgânicas. Além disso, muitos indivíduos com SII não apresentam quaisquer alterações em seus exames.
Como é o tratamento para DIIs?
Existem diversas opções de terapias e a escolha do tratamento indicado para cada paciente depende da gravidade e da localização da doença após uma criteriosa avaliação médica. Entre as alternativas terapêuticas estão os aminossalicilatos, os corticoides, os imunomoduladores, os antibióticos e os medicamentos biológicos, sendo que, nesta última classe, há três mecanismos de ação diferentes: os anti-TNF, anti-integrina e anti-interleucinas 12 e 23. Os tratamentos biológicos mais inovadores são capazes de aliviar os sintomas da doença de maneira rápida e manter a resposta por um período de tempo prolongado, sendo hoje mais indicados em quadros moderados e graves das DIIs, embora já se discuta a adoção mais precoce pelos benefícios que proporcionam.
Cuidar da alimentação é suficiente para o tratamento das enfermidades?
Não. Em casos mais leves, a mudança dos hábitos alimentares pode ser suficiente, mas essa situação é muito rara. Normalmente, é recomendado que o paciente evite os alimentos que pioram os sintomas das doenças. Além disso, em algumas fases, pode ser necessário diminuir o consumo de fibras e, em outras, de lactose. Um acompanhamento com nutricionista é muito importante.
O estilo de vida está relacionado com o desenvolvimento de DIIs?

Depende. Não há confirmações científicas sobre essa influência, porém é possível afirmar que estresse, uso abusivo de medicamentos desde a infância, consumo em excesso de alimentos industrializados, gordurosos e com agrotóxicos afetam o funcionamento do aparelho digestivo.

sábado, maio 18, 2019

Sou mãe, e agora? *Rafaella Bessa


Hoje quando se fala do quadro de funcionários das empresas especialmente em sua composição é muito comum encontrarmos um número maior de mulheres! Com esta realidade vem muitos ganhos e também desafios tanto para as colaboradoras quanto para os empregadores e um deles sem dúvida é a maternidade! 

Eu mesma vivi uma transformação em minha carreira depois do nascimento dos meus dois filhos então posso escrever sobre este assunto com conhecimento de causa.
É fato: nós somos outra mulher depois da maternidade e demonstramos em nosso comportamento esta transformação para nossos empregadores. As alterações no início são estranhas até para nós, as mães e elas são em muitos sentidos.
Quando se decide pela maternidade acreditamos que estamos cumprindo uma missão, estamos exercendo o poder da parceria com Deus no processo da formação humana, forte isto? Sim, porém no meio do caminho aparecem situações para tirar nossa atenção, ou melhor nosso foco desta missão.
Missão é o propósito, é o porque, é o fundamento da existência de algo, de uma empresa, de um negócio ou da vida logo, quando ela é clara e vivida exige renúncias, esforços, dedicação, a prática da paciência, conviver com situações que você não gostaria como exemplos: não poder ficar até mais tarde no trabalho porque precisa agora amamentar exigindo ainda mais eficiência nas tarefas, os horários de almoço não são mais os mesmos (nem com as amigas) porque tem alguém nos esperando em casa; já não vamos ao salão de beleza com a mesma frequência, os gastos são todos friamente calculados porque agora tem mais "pessoinhas" no processo, dependendo da idade da criança você disputará uma célebre vaga nas filas de espera entre colegas para ir às festas das escolas onde sua ausência pode gerar transtornos emocionais e de relacionamentos graves nas crianças;
Ausências inesperadas no trabalho quando se recebe uma ligação avisando que as crianças não estão bem, passa-se a gerenciar os interesses de férias especialmente em datas escolares, grande gargalo nas empresas; orçamento direcionado para investimento de cuidadores, creches ou escolas especializadas que custam muito mas claro, são para nossos filhos!
E saindo do trabalho para casa o serviço extra muda de figura agora tem os momentos de pracinha, brincadeiras, descontrações, formação, educação, amor, gestão do lar (comida, roupas, uniformes, lancheiras, supermercado etc ...) e o marido, não podemos esquecer deste sócio, companheiro, parceiro e pai!

Daí podem pensar: desafiante hein?

Sim, mas se estiver claro o propósito, lembrarmos sempre que são fases que passarão, fazem parte de um ciclo que se encerra e que colheremos frutos saudáveis, este momento é muito gratificante, porém tudo isto acontecerá se este plantio for bem feito, se for dedicado nele e para ele a energia necessária! Para isto é preciso aprender a dominar e controlar as emoções e combater o bom combate sem desistir!

É trazer sempre a memória que neste tempo o importante é a formação das crianças, é desenvolver cidadãos éticos, que acreditem nos valores humanos e cristãos e que quando eles partirem como nós partimos um dia de nossos lares eles coloquem sempre na balança antes das decisões a importância do legado que deixamos para eles, por isto a construção dele precisa ser bem feira, edificada na rocha e não na areia!
Você é mãe? E agora?
Agora é encarar e viver os desafios com muito amor, sabedoria e esforço, lembrando-se sempre que o tudo não é possível, que as fases mudam, elas passam mais o que precisa ser feito tem que ser realizado da melhor forma possível e jamais ser terceirizado!

Boas práticas e até a próxima!

*Rafaella Bessa é Empresária e Coach

 

Quer ser mais feliz? Não leve essas 7 pequenas chatices da vida tão a sério


Todos os dias enfrentamos várias situações estressantes, no trabalho, na rua ou em casa. Em vez de se deixar levar pela irritação, que tal tentar escolher se o perrengue vai ou não estragar o seu humor? Basta pensar que a maioria das coisas nem têm tanto peso assim, se comparadas a problemas maiores. E você não tem domínio sobre elas -- mas pode controlar como lida com elas, exercitando a paciência e a flexibilidade. Veja alguns exemplos:

1. Trânsito 
Se você mora em uma cidade grande, já deveria ter se acostumado com essa complicação diária. Tente ocupar o tempo de forma produtiva: coloque músicas de que goste (e cante junto, por que não?), aproveite para se atualizar com as notícias da rádio ou, ainda, pratique um idioma ou escute um curso ou palestra. Preste atenção à sua volta: nos motoristas dos outros carros, na arquitetura dos prédios, nas árvores. Talvez você perceba coisas que nunca tinha visto antes. Reflita: se estressar não mudará o cenário. Pelo contrário, você vai levar a irritação consigo.

2. Espera no consultório
Tem uma consulta marcada e estão demorando para chamar o seu nome? Relaxe. Bufar, xingar ou maltratar a secretária são atitudes que só vão piorar o seu astral. Lembre-se de que o cuidado com você já começa na sala de espera, portanto fuja dos pensamentos negativos que trarão ainda mais ansiedade. Focar na sua respiração pode ser uma ótima estratégia, assim como tentar se distrair. Leve algo com que possa se entreter e que ajude a passar o tempo, como livros. Converse com as pessoas ao redor, faça telefonemas ou mande mensagens. Até mesmo aquelas revistas antigas típicas de salas de espera podem oferecer alguma diversão. Você tem paciência com tantas outras coisas, o que te impede neste cenário?

3. Falta da empregada ou da faxineira
O ideal seria ter um plano B, assim a ausência não seria tão estressante. Muitas pessoas mal podem contar com um plano A, e sobrevivem. Primeiro, trate de mudar a perspectiva e tente compreender que a sua ajudante não faria tal coisa sem motivo. Depois, pense em alternativas, como pedir ajuda de alguém ou marcar a faxina para ou marcar a faxina para outro dia. Se nada der certo, respire fundo e avalie o real impacto da situação. Se não vai receber visitas, por exemplo, qual o problema de deixar a casa suja por mais um ou dois dias? E se tiver de receber alguém, faça apenas o necessário -- como recolher a roupa suja, lavar a louça e dar uma varrida básica -- e ligue o dane-se. A casa dos outros nunca é tão organizadinha e limpa assim. Você pode compensar a bagunça com um bom vinho. e ótimo papo, certo?

4. Comentários desnecessários
Algumas pessoas parecem dominar a desagradável arte de ofender os outros. Nem sempre é por maldade; em muitos casos é pura falta de jeito. Isso costuma acontecer principalmente em situações envolvendo a aparência. Comentários como "Você ficou melhor depois que engordou", "Nossa, que cara de quem dormiu mal" ou "Não tá na hora de cortar esse cabelo" podem ofender e chatear. Antes de se deixar dominar pela irritação, analise a importância dessa pessoa em sua vida e se vale a pena se estressar. Internalize que o que os outros pensam é problema deles e siga em frente.

5. Ficar doente e ter de desmarcar um compromisso
Faltar ao trabalho numa semana tensa, se ausentar da aula na semana de revisão pré-provas, deixar de ir a um evento social há muito esperado... Ninguém gosta de perder um compromisso importante. Mas, vez ou outra, é primordial se respeitar, pois todos temos limites. Quando você adoece, é sinal de que precisa voltar-se para si e dar atenção ao que está acontecendo com sua saúde. Não se estresse com isso! Aliás, pode ser até mesmo o estresse que te levou a ficar doente. Isso pode ser um alerta para que reveja seus hábitos e mude algo para ter uma rotina mais saudável e feliz.

6. Fila de espera
Nada mais chato do que esperar. Nessas horas, geralmente temos a sensação de que estamos perdendo tempo. Se você se entregar ao nervosismo, com certeza esse tempo será realmente perdido. Porém, pode escolher fazer algo diferente. Por exemplo, pegar o celular e aproveitar para responder com tranquilidade às pessoas para quem você não teve tempo de retornar. Ou enviar mensagens para amigos que você não vê há muito tempo e expressar o quanto você gosta delas. E, ainda, enviar uma declaração de amor inesperada para quem você gosta. Em vez de reclamar, aproveite para colocar as pendências em ordem.

7. Manias do par
Deixar a pasta de dentes sem a tampa, esquecer de fechar o vaso depois de dar descarga, largar coisas esparramadas no chão, arrumar a cama de um jeito diferente do seu, pegar a louça destinada às visitas para tomar o café da manhã... Quanta coisa, na sua opinião, o par faz errado, hein?! Mas o jeito da pessoa é errado mesmo ou apenas diferente do seu? Cada um vê a vida de um jeito -- o que é importante para você talvez não seja para o outro e vice-versa. Quem leva tudo a ferro e fogo está condenando, dia após dia, o relacionamento a fracassar. Se você parar para pensar, raras são as manias alheias que têm, de fato, consequências catastróficas. Você pode dizer de forma objetiva o que lhe incomoda, pois algumas pessoas precisam de orientação adequada. No entanto, se não surtir o efeito desejado, não envenene a relação com algo que não tem tanto peso assim. Viva de forma mais leve!


Fontes: Cintia Seabra, psicóloga clínica e Master Coach; Natália Martins Dias, psicóloga do INDH (Instituto de Neuropsicologia e Desenvolvimento Humano), em São Paulo (SP); Silvia Maria Gonçalves, psicóloga do Hospital São Luiz Jabaquara, em São Paulo (SP), e Thiago Guimarães, psicoterapeuta junguiano e palestrante.