sábado, junho 23, 2018

Resumo de Novelas - 23 de Junho




ORGULHO E PAIXÃO
Josephine tenta ganhar a cumplicidade de Cecília. Susana manipula Briana e ela se recusa a falar com Elisabeta. Lídia tenta agarrar Otávio. Ernesto destrata Ema. Julieta se preocupa com as exigências de Lady Margareth. Brandão se aconselha com Mário/Mariana sobre Josephine. Ema e Ernesto se beijam. Amélia se sente mal e pede para ser cuidada por Mariko. Briana deixa seu esconderijo quando Darcy e Elisabeta saem do quarto. Julieta vai com Olegário ao local de lutas de Camilo. Edmundo pensa em Fani. Darcy encontra Briana em seu quarto.
www.siqueiranews.com

DEUS SALVE O REI
Lucíola afirma que, se Catarina estiver grávida de Otávio, perderá de vez a chance de conquistar Afonso. Amália e Selena decidem encontrar o rei Augusto. Naná e Glória aceitam a proposta de Otávio. Betânia convida Teodora para jantar em sua casa, interessada em torná-la namorada de Ulisses. Catarina comenta com Lucíola que precisa conquistar Afonso o mais rápido possível. Teodora beija Ulisses, com a desculpa de provocar ciúmes em Selena. Os amigos de Afonso aparecem de surpresa, impedindo que ele vá ao encontro de Amália. Amália desconfia da surpresa promovida por Catarina para Afonso. Amália decide procurar Rodolfo em Alcaluz. Catarina tenta ficar a sós com Afonso para seduzir o rei.
 www.siqueiranews.com

SEGUNDO SOL
Rosa declara guerra contra Karola, afasta Rochelle de Valentim e sai escondida com ele da festa. Dodô pede que Gorete se afaste de Clóvis. Karola vai à casa dos pais de Rosa. Beto tenta conversar com Valentim sobre o seu namoro. Karola ameaça Rosa. Galdino foge de Nestor. Naná questiona Gorete sobre o pai de seu filho. Remy usa Badu para obter informações sobre Gorete e confronta a massagista. Dodô ofende Remy na frente de Beto e Ionan. Doralice reata com Ionan. Laureta descobre a armação de Galdino e pune o ajudante. Manuela e Zefa apoiam Karen na decisão de procurar emprego como governanta. Severo fala mal de Roberval para Edgar, sem perceber Zefa. Rosa pede para Valentim se afastar dela. Beto exige que Cacau revele o paradeiro de Luzia.

Com salário de R$ 30 mil, desembargador aposentado pede ‘justiça gratuita’


Parece piada, mas não é. O desembargador aposentado compulsoriamente por ter negociado decisão judicial, Evandro Stábile (que aparece na foto pilotando um barco de luxo), e que tem salário bruto de R$ 30,4 mil, pediu que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) lhe conceda o benefício da assistência judiciária gratuita, ou seja, isenção de pagar as despesas de uma ação rescisória que move contra a empresa Hidrovale Poços Artesianos.

Evandro Stábile foi aposentado compulsoriamente pelo TJ-MT em 2016, em razão de ter negociado uma decisão judicial em 2009, quando presidia o Tribunal Regional Eleitoral em Mato Grosso (TRE-MT), esquema  apurado na Operação Asafe, da Polícia Federal. Ele já estava afastado do cargo desde 2010. Pelos mesmos fatos, ele foi condenado a seis anos de prisão.

No pedido, Stábile argumentou que não tem condições de arcar com as despesas do processo sem prejuízo do seu sustento e de seus dependentes, necessitando, portanto, da gratuidade da Justiça.

A relatora da ação é a desembargadora Maria Helena Póvoas, que ainda não analisou o requerimento.

Porém, a relatora em substituição, desembargadora Cleuci Terezinha, determinou que Stábile traga ao processo documentos que comprovem a suposta “pobreza”, como “imposto de renda do último exercício, extratos bancários dos últimos 3 meses, faturas de cartão de crédito, faturas de energia e água, etc”.

O pedido de justiça gratuita pode ser realizado por qualquer pessoa que apresente uma simples declaração de hiposuficiência financeira, conforme ampara a Lei Federal 1060/50.


Conforme a Constituição Federal, todavia, o Estado só “prestará assistência jurídica integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência de recurso”. Desta forma, o juiz pode negar o benefício se entender que a parte tem condições de arcar com as despesas.

 
Click aqui para ver matérias na página inicial

Horóscopo de hoje - 23 de Junho





Áries (21/03 a 20/04)
Você reflete consideravelmente se deve manter um namoro. Há desafetos e o ciúme pode dificultar a troca.
www.siqueiranews.com

Touro (21/04 a 20/05)
Há dificuldades para resolver documentos e alinhar pensamentos. É importante atuar com sabedoria, para não cair em exageros. 
www.siqueiranews.com

Gêmeos (21/05 a 20/06)
É importante avaliar o trabalho e a sua rotina. Há promessas de desafetos e rivalidades que afetarão a sua comunicação.
www.siqueiranews.com

Câncer (21/06 a 21/07)
“Arrumar a casa” é importante para guiar os objetivos profissionais. Atenção com desafetos que interferem no campo afetivo. 
www.siqueiranews.com

Leão (22/07 a 22/08)
O dia vem carregado de desafios e interfere consideravelmente em desafetos com familiares e com o relacionamento. 
www.siqueiranews.com

Virgem (23/08 a 22/09)
É desafiador lidar com pessoas do seu convívio; viagens podem ser ativadas.
www.siqueiranews.com

Libra (23/09 a 22/10)
É importante atuar com equilíbrio e avaliar como pode seguir mais pleno na atuação com filhos ou romances. 
www.siqueiranews.com

Escorpião (23/10 a 21/11)
Atenção com rivalidades que envolvem diretamente. Há exageros e possíveis negligências que afetam o campo afetivo e as relações em geral.
www.siqueiranews.com

Sagitário (22/11 a 21/12)
A sua atuação é mais no silêncio e avaliando o que de fato é preciso fazer para promover uma interação mais adequada com parentes ou pessoas do seu convívio.
www.siqueiranews.com

Capricórnio (22/12 a 20/01)
Para guiar os projetos e seguir mais leve, é primordial vencer desafetos e rivalidades que impedem o seu crescimento e progresso material.
www.siqueiranews.com

Aquário (21/01 a 19/02)
Está muito desafiador para você lidar com uma pessoa próxima ou com assuntos do relacionamento. Há desafetos e rivalidades que precisam ser superados e vencidos.
www.siqueiranews.com

Peixes (20/02 a 20/03)
Você está com a “faca e o queijo” na mão para guiar sonhos que se relacionam com estudos ou viagens. Mas é importante entender os sentimentos envolvidos.

Servidor da AL dado como 'morto' está vivo e família fala em processar o MPE


A família do servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Luís Cândido da Silva, 66, que está sendo investigado por suspeita de estar morto há 28 anos e continuar recebendo salário, diz estar revoltada com a denúncia do Ministério Publico Estadual (MPE) que, através do promotor de Justiça Célio Joubert Fúrio, instaurou inquérito civil público para investigar o caso. O filho de Luís, o empresário Ronei Cândido da Silva, 42, afirmou que houve um equívoco por parte do promotor, mas que irá tomar medidas judiciais contra o órgão fiscalizador.

De acordo com Ronei, o seu pai trabalha na Assembleia Legislativa há 42 anos, como motorista. No ano passado, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ficou com paralisia de parte do corpo e, somente aí, entrou em licença médica, mas já deu entrada na aposentadoria.
Por sua vez, o secretário de Gestão de Pessoas da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Elias Santos, que é irmão do deputado Wilson Santos (PSDB), disse que o MPE em momento algum fez uma consulta para verificar se o servidor tinha falecido ou não. “Esse servidor não faleceu, ele entrou na AL em abril de 1983, nasceu em 1952, e aproximadamente há dois anos foi afastado da Assembleia por problemas de saúde”, disse Elias Santos.


De acordo com o secretário, Luiz Cândido passou por perícia realizada pelo Estado, que acabou aprovando a sua aposentadoria por invalidez, porém, devido a demora, ele também adquiriu tempo suficiente para se aposentar por tempo de trabalho.

Click aqui para ver matérias na página inicial

Veja os destaques de jornais de circulação nacional - 23 de Junho

O Globo
21 dias de confusão e isolamento
Levado há 21 dias para um abrigo no Texas, o menino brasileiro A., de 9 anos, teve anteontem o primeiro contato telefônico com a mãe. Os dois foram separados por agentes da Imigração dos EUA. Franzino, usando roupas velhas e de um número maior que o seu, o menino sorriu ao ouvir português, ao receber a visita de um diplomata brasileiro, após muitas tentativas frustradas de se comunicar em espanhol.  A mãe dele foi solta na quinta-feira e reúne documentos para recuperar a guarda do filho. Confuso e assustado, ele resumiu assim a odisseia: "Peguei um carro, outro carro, um avião. Chegamos, depois mais um carro e outro carro, e vim parar aqui"

Delação de Palocci é homologada
O Tribunal Regional Federal da 4a. Região homologou a delação premiada do ex-ministro petista Antonio Palocci, firmada com a Polícia Federal em abril.
      www.siqueiranews.com

O Estado de São Paulo
Congresso aprova mais e mais gastos
Enquanto o governo tenta, sem sucesso, destravar pautas como a venda da Eletrobrás e o leilão do pré-sal, que poderiam reforçar o caixa da União, o Congresso aprova projetos que resultam em perda de receita.  Nesta semana, foram concedidos pela Câmara benefícios fiscais a transportadoras, apesar de o governo ter se comprometido a gastar R$ 13,5 bilhões para bancar o acordo com os caminhoneiros - o texto ainda precisa passar pelo Senado. Os deputados também pressionam por um decreto legislativo, já aprovado no Senado, que permite a venda direta de etanol das usinas para os postos. As duas iniciativas devem ter impacto bilionário no caixa federal. 

Fachin tira recurso de Lula da pauta do STF
Depois de o TRF-4 negar a possibilidade de o ex-presidente Lula recorrer ao Supremo contra sua condenação, o ministro Edson Fachin tirou da pauta do STF da próxima terça-feira o julgamento do pedido de liberdade do petista. 
      www.siqueiranews.com

Folha de São Paulo
Justiça homologa delação de Palocci negociada com a PF
O ex-ministro Antonio Palocci, preso desde 2016, fechou acordo com a Polícia Federal de Curitiba em abril. A homologação do Tribunal Regional Federal da 4a Região, em Porto Alegre, ocorreu dois dias após decisão do Supremo Tribunal Federal que libera negociação de acordo com polícias, mesmo sem aval do Ministério Público.

Fachin, do STF, arquiva recurso que pedia libertação de Lula
O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, arquivou o recurso que pedia a libertação do ex-presidente Lula, que seria julgado na terça (26). A decisão veio após o TRF-4 derrubar o principal argumento da defesa do petista, que tinha alegado ao STF demora do tribunal em julgar as demandas de Lula. Cabe novo recurso. 
      www.siqueiranews.com

Correio Braziliense
Postos não repassam queda nos valores dos combustíveis aos clientes
Mesmo sem admitir uma mudança na política de preços depois do fim da greve dos caminhoneiros, a Petrobras, desde 12 de junho, reduziu os preços da gasolina nas distribuidoras seis vezes — apesar de o dólar e o petróleo se manterem altos. Em 10 dias, as quedas somaram, em média, 6,23% nas distribuidoras. Os postos do Distrito Federal, entretanto, não repassaram totalmente as baixas para o consumidor final. Com base nas pesquisas realizadas pelo Correio entre 12 e 21 de junho, em média, o valor do combustível nas bombas caiu 2,5%.
      www.siqueiranews.com

O Dia
Imprensa britânica dispara contra Neymar: 'Trapaceiro, resmungão e dramático'
A imprensa britânica criticou muito o desempenho da seleção brasileira em campo. O principal alvo nesta sexta-feira foi o camisa 10 da Seleção, Neymar, citado nas reportagens como mimado, resmungão, dramático e até trapaceiro depois da vitória da seleção por 2 a 0 sobre a Costa Rica, em São Petersburgo. Durante a transmissão da partida feita pela 'iTV', o narrador encerrou o primeiro tempo do jogo, quando nem Brasil nem Costa Rica tinham conseguido alterar o placar, destacando um 'início de Copa frustrante para Neymar e Brasil'. O jornal 'The Guardian' não poupou palavras sobre o desempenho do brasileiro. Na reportagem da partida, o diário afirmou que a vitória 'veio tarde' e criticou o camisa 10 da Seleção. 
      www.siqueiranews.com

Diário Catarinense
SC registra 150 casos graves de gripe neste ano

Neste ano, 150 catarinenses já foram internados por gripe. O vírus influenza que mais tem circulado é o A. O subtipo H1N1 responde por metade dos casos graves (74). A cidade que mais registrou hospitalizações pela doença foi Florianópolis (22 casos), seguida por Blumenau (15),  Tubarão (14) e São José (13). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC).  Em relação à idade, a maioria dos casos confirmados por influenza acometeram indivíduos nas faixas etárias acima de 60 anos (41 casos), de 50 a 59 anos e de 20 a 29 anos (23 casos cada). Santa Catarina soma  12 mortes pela doença. 

sexta-feira, junho 22, 2018

500 brasileiros estão presos por imigração ilegal nos EUA


Cerca de quinhentos brasileiros estão em prisões dos EUA sob acusação de violar as leis de imigração do país. Destes, 207 já têm contra si ordens de deportação, de acordo com informações fornecidas pelo Departamento de Segurança Interna. Os demais aguardam o julgamento final, que muitos tentam adiar com a apresentação de recursos e pedidos de libertação sob fiança.
A população carcerária brasileira tem um perfil nos Estados Unidos distinto do registrado nos demais países. Fora dos EUA, a principal razão para o encarceramento de brasileiros é o tráfico de drogas, que responde por cerca de 40% das detenções.
Em solo americano, as violações relacionadas à imigração lideram a lista, diz o Departamento Consular de Brasileiros no Exterior do Itamaraty.
Cerca de 40% dos cidadãos brasileiros estavam em dezembro atrás das grades por ter entrado no país de maneira irregular ou ficado além do tempo permitido por seus vistos. O tipo de crime que aparecia em segundo lugar era o de natureza sexual. 
A crise econômica no Brasil levou ao aumento do número de brasileiros que entram ou permanecem nos EUA de maneira irregular. Os que não conseguem visto de turista arriscam a vida cruzando a fronteira com o México. Muitos deles levam filhos, como ficou evidenciado na crise de separações de famílias provocada pela política de ‘tolerância zero‘ do governo Donald Trump.


As informações são as Agência Estado

 
Click aqui para ver matérias na página inicial

Número de ações trabalhistas cai 40% em seis meses


Após seis meses inteiros com a reforma trabalhista em vigor, completados em maio, o número de ações abertas na Justiça do Trabalho registrou queda de 40,8% nos números acumulados em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo revelam dados do Tribunal Superior do Trabalho (TST).
A Lei 13.467, que alterou pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), entrou em vigor em 11 de novembro do ano passado. Considerando o acumulado entre dezembro, primeiro mês completo sob vigência das novas regras, e maio deste ano, foram abertos 766.387 novos processos trabalhistas. No período equivalente anterior foram 1,3 milhão de ações.
A nova lei determina, entre outros pontos, que, se o trabalhador perder a ação, ele terá de arcar com os honorários dos advogados (sucumbências) da empresa processada.
Em maio, o número de processos abertos atingiu 163.407 - o maior número do ano, mas 36,2% inferior ao registrado maio de 2017. Em abril, a queda havia sido de 26,4% em relação ao mesmo mês do ano passado, representando a menor variação mensal entre os períodos pré e pós-reforma.

Dezembro foi o mês da maior queda, de 55,3% no comparativo de um ano para outro. Essa diferença foi atribuída ao represamento de processos em razão da insegurança jurídica com a nova norma, bem como à antecipação de processos nos meses anteriores.
 
Click aqui para ver matérias na página inicial

Prazo para matrícula no Sisu começou a contar nesta sexta-feira e lista de espera já está disponível


O prazo de matrícula para os estudantes selecionados no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) começou nesta sexta-feira (22-06-18). O resultado está disponível na página do programa.
Nesta edição, o Sisu oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. O prazo para os selecionados se matricularem vai até o dia 28.
Aqueles que não foram selecionados poderão participar da lista de espera. O prazo para que isso seja feito também começa hoje e vai até o dia 27. A convocação dos candidatos em lista de espera será de 3 de julho a 21 de agosto.
A lista de espera vale apenas para a primeira opção de curso feita na hora da inscrição. Além dos candidatos que não foram selecionados em nenhuma das opções, podem participar aqueles que foram selecionados para a segunda opção de curso, feita também na hora da inscrição.
O Sisu oferece vagas no ensino superior, em instituições públicas. Nesta edição, puderam concorrer os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação.
As vagas estão sendo oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.
 
Click aqui para ver matérias na página inicial

Brasil vence a Costa Rica por 2 a 0 com gols nos acréscimos


A seleção brasileira conseguiu sua primeira vitória na Copa do Mundo. Com um gol de Philippe Coutinho aos 46 e outro de Neymar, aos 52 minutos do segundo tempo, o Brasil venceu a Costa Rica por a 2 a 0 pela segunda rodada do Grupo E, no estádio São Petersburgo.
O resultado deixa o Brasil na liderança do Grupo E, que ainda terá mais um jogo nesta sexta-feira (22-06-18), entre Sérvia e Suíça.

Na última rodada do Grupo E, na próxima quarta-feira (27-06-18), às 15h, o Brasil vai enfrentar a Sérvia, no estádio Spartak, em Moscou, enquanto a Costa Rica pegará a Suíça, no estádio Nizhny Novgorod.

 
Click aqui para ver matérias na página inicial

Servidor morto há 28 anos ainda recebe salários da AL e progressão de carreira; MPE pede explicações


Um ex-servidor da Assembleia do Estado de Mato Grosso (ALMT), que morreu no dia 20 de maio de 1990, continua a receber seus salários normalmente e benefícios de elevação de carreira. Foi isso que detectou a 35ª Promotoria de Justiça Cível de Cuiabá, que instaurou inquérito civil público para apurar o suposto pagamento de salários a Luiz Cândido da Silva, que morreu há mais de 28 anos.

O promotor de Justiça Célio Joubert Fúrio assinou portaria de número 16/2018 e que pede explicações sobre o caso. O então servidor ocupava o cargo de técnico legislativo de nível médio, foi estabilizado e, posteriormente, recebeu reenquadramentos, progressões, elevações de classes e níveis de carreira.
No Portal da Transparência do legislativo de Mato Grosso, Luiz Cândido da Silva aparece como ativo e lotado na Secretaria de Gestão de Pessoas, com remuneração bruta de R$ 13,2 mil.
Célio Fúrio determinou que o diretor do Departamento de Pessoal da Assembleia seja oficiado para apresentar explicações sobre o fato apurado, encaminhando a ficha funcional atualizada e completa, com todas as averbações (reenquadramentos, progressões, elevações de classes e níveis), dados pessoais e conta bancária utilizada para pagamento dos salários.
O diretor do Legislativo Estadual também terá que verificar e informar ao MPE a existência de servidor falecido com o mesmo nome do investigado e, em caso afirmativo, apontar o beneficiário da pensão por morte.
A viúva do investigado, que é servidora da Prefeitura de Cuiabá, também foi notificada a comparecer na Promotoria de Justiça no próximo dia 16 de julho para prestar esclarecimentos sobre os fatos. Ela terá que levar a cópia autenticada da certidão de óbito de Luiz Cândido da Silva, e também outros documentos pessoais e funcionais dele.  
 
Click aqui para ver matérias na página inicial

quinta-feira, junho 21, 2018

Primeira-ministra da Nova Zelândia dá a luz à uma menina e em hospital público


A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, de 37 anos, já fez história ao se tornar a mais jovem mulher a governar um país em todo o mundo. Nesta quinta-feira (21-06-18), ela deu a luz uma menina. Antes dela, apenas a ex-premier do Paquistão Benazir Bhutto havia se tornado mãe enquanto ocupava o posto, em 1990.

O Hospital Auckland City é público, e foi lá que a primeira-ministra deu a luz. Pelas redes sociais, Jacinda publicou uma foto com o bebê, ao lado do marido, o apresentador de TV Clarke Gayford.


“Bem-vinda à nossa aldeia”, escreveu a premier, no Instagram. “Me sentindo sortuda por ter uma menina saudável que chegou às 16h45, pesando 3,31 kg. Estamos todos muito bem graças à equipe maravilhosa do Hospital Auckland City”.



O nascimento da filha de Jacinda está carregado de simbolismo, mesmo para a Nova Zelândia, um dos países mais progressistas em relação aos direitos das mulheres. A licença maternidade será de apenas seis semanas. Após esse período, será o pai quem ficará em casa cuidando do bebê, mostrando ao mundo que as mulheres não precisam sacrificar suas carreiras para se tornarem mães. E entre seus planos de governo está o ambicioso objetivo de eliminar a diferença salarial entre homens e mulheres.

O período de seis semanas de licença maternidade não é comum na Nova Zelândia, onde apenas 61% das mulheres retornam ao trabalho dentro de um ano após darem à luz. Além disso, em média as mulheres têm corte salarial de 4,4% após se tornarem mães, enquanto homens veem pouca mudança em seus salários, segundo estudo publicado por um instituto de pesquisas econômicas do país, no mês passado.


 
Click aqui para ver matérias na página inicial

Tribunal da Coreia do Sul decide que matar cães para consumo é ilegal


Um tribunal da Coreia do Sul determinou nesta quinta-feira (21-06-18) que matar cachorros pelo consumo de sua carne é ilegal, em uma decisão que os ativistas de direitos dos animais chamam de histórica.

As receitas com carne de cachorro fazem parte das tradições culinárias sul-coreanas. Acredita-se que um milhão de cães sejam mortos para consumo no país anualmente. O hábito tem mudado, entretanto, já que boa parte da população hoje encara os animais como companheiros de estimação.
Embora ainda não haja uma proibição para o consumo de carne de cachorro, as autoridades costumam recorrer a leis de vigilância sanitária ou de proteção aos animais para reprimir fazendas e criadouros de cães para o abate.
Segundo a AFP, uma pesquisa do ano passado revelou que 70% dos sul-coreanos dizem não comer carne de cachorro, mas apenas 40% acreditam que a prática deve ser banida. O assunto também causa polêmica em outros países asiáticos onde a carne dos cães faz parte da culinária.
As informações são da agência de notícias AFP.

 
Click aqui para ver matérias na página inicial