quinta-feira, maio 25, 2017

Escola André Avelino recebe hoje a 3ª edição do projeto Educação Legislativa


A Assembleia Legislativa realiza a 3ª edição do projeto Educação Legislativa em Movimento, na Escola Estadual André Avelino Ribeiro, no CPA I, em Cuiabá. A abertura será nesta quinta-feira (25-05-17), às 19 horas, e segue durante toda a sexta-feira (26-05-17), com palestras e orientações a alunos da rede pública estadual que cursam o Ensino Médio.

De iniciativa da Mesa Diretora, comandada pelo presidente, deputado Eduardo Botelho (PSB), objetivo é incentivar estudantes a participarem das discussões políticas, conscientizar sobre a importância do ensino superior, além de promover a integração da comunidade escolar junto aos pais de alunos e o parlamento. Para isso, palestras e atividades culturais são oferecidas no segundo dia do evento. Jauru e Distrito da Guia já foram contemplados.

“Vamos levar esse projeto para todas as comunidades de Mato Grosso, reafirmando o nosso compromisso de estar mais próximos da população, levando cidadania e promovendo a interação com as comunidades mato-grossenses”, afirma o presidente Botelho.

Na programação, apresentações artísticas, culturais e as palestras: Jovens líderes como parte de solução; Vocação; Cidadania; História de Mato Grosso, com ênfase na ALMT; preparatória para o ENEM, com foco em Redação e Matemática e Reciclagem. Alerta também sobre o uso de álcool e drogas, com a palestra De bem com a Vida, da Polícia Judiciária Civil.


Além disso, disponibiliza um plantão para tirar dúvidas sobre disciplinas e questões relacionadas a Vara da Família.


Desconto de 20% para pagamento do IPTU vai até o dia 30 em Várzea Grande


A Prefeitura de Várzea Grande informa aos contribuintes que o prazo para pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) com desconto de 20% termina na próxima terça-feira (30-05-17), tanto para aqueles que optaram pela quitação à vista (cota única) ou da primeira parcela.  
Os contribuintes podem acessar o Portal da Prefeitura, por meio do endereço eletrônico (http://www.varzeagrande.mt.gov.br). O secretário municipal de Gestão Fazendária, João Benedito Gonçalves Neto, alertou que o tributo vence no dia 30 de maio, tanto para quem optar pelo pagamento em cota única ou para pagamento parcelado do primeiro vencimento. “Quem optar pelo pagamento à vista até o vencimento, mas possuir débitos, terá 5% de desconto. Para o exercício 2017, o Município manteve a mesma Planta Genérica de Valores, não reajustou percentuais. Houve apenas a reposição inflacionária correspondente ao ano passado, em torno de 6%”, explicou o secretário. Como completa, “seguimos a determinação da prefeita Lucimar Sacre de Campos em apertar o cerco aos inadimplentes, com constantes fiscalizações e cobranças e não aumentar a carga tributária sobre os bons pagadores”.

Além do Portal (http://www.varzeagrande.mt.gov.br), as guias podem ser solicitadas no Centro de Atendimento ao Contribuinte (CAC), que funciona no Paço Municipal das 8h às 17h, no posto de atendimento da Secretaria na Administração Regional do Cristo Rei, das 8h às 17, e no Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping.

Os contribuintes que optarem pelo pagamento parcelado, o IPTU será pago sem desconto, mas em até seis parcelas mensais e consecutivas, com o pagamento da 1ª até 30 de maio de 2017. Nenhuma parcela poderá ser inferior ao valor equivalente a 03 (três) UPF/VG - Unidade Padrão Fiscal do Município de Várzea Grande, que atualmente soma R$ 82,23, já que desde 1º de janeiro a UPF está cotada em R$ 27,41.
Os boletos podem ser pagos até a data de vencimento em qualquer agência bancária ou terminais de autoatendimento.

Ao acessar a página www.varzeagrande.mt.gov.br, o contribuinte terá a sua frente um banner. Clica nele e imediatamente o site oferecerá as opções de pesquisa sobre o imposto, que pode ser feita via CPF, CNPJ ou inscrição imobiliária. Ao informar o número, o contribuinte terá acesso ao histórico e opta pelo exercício que vai pagar e a forma de quitação, se à vista ou parcelada. A escolha permite emissão e impressão da guia/boleto, que pode ser paga até o dia 30 de maio em qualquer rede bancária, terminais de autoatendimento, celular e internet banking.


Jornal diz que Pedro Taques também pode ter sido grampeado por central de arapongagem


O jornal Circuito Mato Grosso que está com a sua mais recente edição nas bancas, válida de 25 a 31 de maio, traz uma nota que chama atenção pela gravidade do fato.

Segundo o jornal, citando fontes do Judiciário,  até o governador Pedro taques e sua ex- esposa também teriam sido alvos
das escutas ilegais praticadas por uma “central de arapongagem”, que teria bisbilhotado uma boa quantidade de pessoas.

Veja a integra da nota na coluna Sobe e Desce:

“Fontes do Judiciário confidenciaram a esta colunista que mais nomes estariam grampeados na polêmica “Barriga de Aluguel”, em que deputada, médico, advogado e jornalista, dentre outros, seriam alvo de escuta ilegal. Diz uma fonte que – pasmem! – o governador Pedro Taques e sua ex-esposa, Samira Martins, também estariam na polemica lista. Caso a informação seja confirmada, muda o rumo dos ventos e das investigações em andamento... Aguardemos”.

Temos que aguardar e, se isso realmente se confirmar, a situação fica ainda mais grave, já que a maior autoridade estadual, o governador, também teve suas conversas xeretadas por sabe lá quem e com quais objetivos. O trem está ganhando contornos gigantescos.

Por enquanto, o Palácio Paiaguás não pretende emitir nenhuma nota ou opinião sobre essas novidades. O Gabinete de Comunicação diz que vai aguardar para, se for necessário,  no momento adequado se manifestar.


Estado prorroga vacinação contra gripe até dia 9 de junho


O governo do Estado de Mato Grosso prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) para até o dia 9 de junho. A decisão foi anunciada pela coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da secretaria de Saúde. A campanha estava prevista para terminar nesta sexta-feira, dia 26 de maio.
De acordo com Flávia Guimarães, coordenadora de Vigilância Epidemiológica, os municípios estão sendo comunicados sobre a prorrogação da campanha. Ela esclarece que essa medida se deve ao fato de Mato Grosso ainda não ter atingido a meta nacional de vacinação dos grupos considerados suscetíveis de serem afetados pela gripe: idosos, indígenas, professores, servidores da área da saúde em geral, puérperas, gestantes e crianças com seis meses até os cinco anos de idade.
Em Mato Grosso o percentual total de vacinados até o dia 24 de maio (dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações – SIPNI. DATASUS. GOV. BR) é de 54,10% (doses aplicadas), o que representa um total de 367.051 pessoas vacinadas do universo de 678.429 pessoas que devem tomar a vacina contra a gripe.
Em relação ao desempenho dos municípios, cuja vacinação é de responsabilidade das unidades municipais de saúde, aparecem com menor cobertura os municípios de Nova Guarita com 0,00%; Nova Nazaré com 9% de cobertura vacinal e Santa Terezinha com 13%.
Entre os municípios com maior cobertura estão: Planalto da Serra com 102,85% de doses aplicadas; Rondonópolis com 64,53%, Várzea Grande com 60,43% e Cuiabá com 49,92%.
A coordenação de Vigilância Epidemiológica da secretaria de Estado de Saúde informa que todas as doses de vacina já foram distribuídas aos municípios e reforça a necessidade de cumprir a meta nacional em razão da preocupação em prevenir doenças causadas pelo vírus influenza e até mortes causadas por esses vírus.

No Estado a SES/MT vem registrando queda no índice de óbitos causados pela gripe, sendo necessário manter a vigilância para que esse índice diminua ainda mais. “A gripe é uma doença que pode ser prevenida pela vacina, portanto é importante que a população procure os postos de vacinação para se imunizar contra a doença”. Destacou Flávia Guimarães. 

Advogados e Autocomposição *Nalian Cintra


As audiências de mediação e conciliação são métodos que demonstram ser cada vez mais eficazes na resolução de conflitos extrajudiciais e judiciais. A presença dos advogados nesses procedimentos é essencial, já que a maioria dos clientes os procura quando precisa resolver um problema que envolva a dicotomia direitos e deveres. No entanto, ainda é perceptível que muitos advogados demonstram resistência em participar dos procedimentos de autocomposição, situação que pretendo refletir neste artigo.

O primeiro ponto a ser ressaltado é que a presença dos advogados nos atos da Justiça é uma prerrogativa constitucional, conforme preconiza o artigo 133 da Carta Política de 1998 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei.

A interpretação da primeira parte do caput do artigo 133 é clara ao expressar que a indispensabilidade dos advogados implica presença também nos procedimentos extrajudiciais, já que o objetivo de uma audiência de conciliação e mediação é chegar à justiça, assim como ocorre com o processo judicial, com a diferença de que a justiça será promovida sem a imposição do Estado/Juiz e, sim pelo ato de ceder e dialogar de ambas as partes.

Já no início da audiência de mediação e conciliação, o mediador ou conciliador explica às partes como funciona o procedimento e o que significam os atos dos referidos métodos de resolução do conflito. A partir disso, a mediação ou a negociação segue conforme a condução do mediador ou conciliador, sem um rito rígido como é promovido pelo Código de Processo Civil nos processos judiciais.

Diante desta prerrogativa, o advogado cumpre importante papel de articulação entre o cliente, o mediador ou conciliador e a parte contrária. Por ser articulador, presta relevante papel consultivo à parte e pode contribuir para que a condução do procedimento chegue a uma solução favorável, assim como também ajuda formular garantias para que o fim da instabilidade entre as partes interessadas seja bem sucedida.

Neste ponto é importante ressaltar, que para chegar a um acordo extrajudicial, que depois será homologado pela Justiça e ter validade como título executivo, o advogado precisa estar desarmado dos argumentos combativos, típicos de um processo judicial - onde o que predomina é a junção de provas e argumentos suficientes que convençam o juiz.

Na mediação e na conciliação, o mediador ou o conciliador não vão dizer o direito, mas auxiliam as partes na elucidação daquilo que tem causado o rompimento da relação jurídica. O conciliador, por sua vez, promove a conciliação entre as partes, sem lhes impor nada, mas pelo contrário, ajuda a desobstruir os óbices que porventura conduziram aquela relação jurídica a uma celeuma.

Por isso, o advogado deve ter a consciência que ao solucionar um conflito de forma extrajudicial seja pela conciliação ou mediação, terá cumprido sua função com maestria e sem danos aos honorários, que fazem parte do contrato entre ele (advogado) e a parte.

Outro ponto que deve ser considerado é que ao garantir a autocomposição – que é a solução de conflitos por mediação, conciliação ou arbitragem – o advogado terá cumprido uma demanda de forma muito mais célere do que se estivesse patrocinado uma ação judicial, que com a devida vênia, continua tendo importante papel para a solução de conflitos.

Ao fazer as contas ponderando os anos que um processo possa durar na Justiça e dividir o valor pelos meses empenhados na demanda judicial, o resultado pode ser irrisório. É bem verdade, que entre as características de grande parte dos casos de mediação e conciliação, os valores em discussão podem ser relativamente baixos, se comparados com os possíveis de serem pedidos em uma ação judicial, mas a celeridade com que o procedimento pode ocorrer garante que o quesito financeiro seja um ponto positivo também para a atuação advocatícia na autocomposição.

Dessa forma, estou convencida de que os métodos alternativos para solução de conflitos não são apenas garantias de celeridade para o fim dos problemas, mas também, um nicho de atuação advocatícia com suas devidas cargas remuneratórias.

Apesar de o tema pecuniário ser um fator relativo e delicado, não poderia ter deixado de abordá-lo, até mesmo porque estamos falando de um trabalho que exige contínua dedicação e investimento em qualificação por parte de seus operadores. Por outro lado, reafirmo que os advogados sempre serão essenciais para a solução dos conflitos. Na autocomposição essa presença é irrefutável e ainda tem muito que acrescentar.


Nalian Cintra é advogada, presidente da Comissão Especial de Conciliação, Mediação e Arbitragem da OAB/MT, atua como mediadora e conciliadora em Mato Grosso.

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada em Várzea Grande


A Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande apresenta, até o momento, cobertura vacinal de 60,43% para um total de 56.974 pessoas que integram o público alvo da 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe (Influenza) no Município. As doses da vacina continuam disponíveis nas 19 unidades de saúde entre Policlínicas, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Centros de Saúde com atendimento das 7h às 11h e das 13h às 17h. A campanha terminaria nesta sexta-feira (26 de maio), mas foi prorrogada até o dia 9 de junho.
A meta este ano é vacinar pelo menos 90% dos grupos considerados prioritários pelo Ministério da Saúde.
Por enquanto, já foram ministradas 34.429 doses da vacina contra a Influenza nos indivíduos que compareceram aos postos de saúde ou participaram do Dia D de Mobilização realizado no dia 13 de maio. Do total de pessoas vacinadas até o momento em Várzea Grande, os grupos das crianças e das gestantes apresentam os menores índices de cobertura com 41,65% e 47,58%, respectivamente lembrando que a previsão é de vacinar 7.860 crianças e 3.930 gestantes. Por outro lado, os trabalhadores da saúde e as pessoas privadas de liberdade já foram todos vacinados ultrapassando a meta de 90% prevista pelo Ministério da Saúde.

A vacina está disponível para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas até 45 dias após o parto, idosos com 60 anos ou mais, pacientes com comorbidades (portadores de doenças crônicas), população indígena, pessoas privadas de liberdade (reeducandos e adolescentes internados em medidas socioeducativas), funcionários do sistema penitenciário, além de profissionais da saúde e professores das Redes pública e privada.

Resumo de novelas - 25 de maio




MALHAÇÃO VIVA A DIFERENÇA
Nena conta a história da filha para Dóris. Lica afirma a Felipe que terminou o namoro com MB. Tato sugere que Anderson faça um jantar romântico para Tina no galpão. Felipe escuta uma briga entre Malu, Edgar e Clara. Jota conta para Ellen que foi procurado por Frostbyte e ela pede que o amigo tenha cuidado. Felipe conta para Lica sobre a discussão que ouviu na sala de Edgar. Luís pede para Marta acompanhá-lo a um encontro com Malu e Edgar. Josefina conserta uma torneira na lanchonete de Roney. Keyla decide se encontrar com Deco.
Leopoldina convida José Bonifácio para se hospedar no palácio. Thomas mostra o registro de Vitória, e Anna se preocupa. Sebastião acredita na falsa carta da Madre Superiora feita por Cecília e autoriza a filha a ajudar o convento. Cecília beija Libério. Diara confirma as suspeitas de Joaquim sobre Jacinto. Dom Pedro não deixa Thomas se apresentar a José Bonifácio. Anna comenta com Leopoldina a estranheza com o comentário de seu marido sobre Vitória. Domitila surpreende Francisco ao afirmar que irá ao jantar no palácio com ele. Diara conta para Joaquim o que descobriu sobre Jacinto. Domitila chega ao palácio e Thomas fica furioso. Joaquim tenta falar com Anna, mas Elvira o impede. Thomas convence Domitila a ir embora do palácio. José Bonifácio recusa o cargo de Ministro.

ROCK  STORE
Alex reclama de ir para o antigo esconderijo. Léo expulsa Manu de sua casa. Gui avisa a Júlia que Alex fugiu. Manu se despede de Eva. Léo e Jaiminho vão atrás de Stefany, que se emociona com a surpresa. William perde o caderninho de Salvatore e Alex se enfurece. Joana incentiva JF a fazer uma nova audição para o Conservatório de Música. Néia decide ficar com Almir. Alex encontra o caderninho nos pertences de William. Léo e Stefany viajam para a Europa. Júlia escreve seu livro com Ricardo. Diana trabalha com Laila. Chega o dia do lançamento do livro de Júlia. Gui volta para sua antiga casa. Nicolau é internado. Marisa entra em trabalho de parto. Néia desconfia que Almir tenha lhe roubado. Alex surge no lançamento do livro de Júlia.

A FORÇA DO QUERER
Joyce discute com Eugênio. Ivana e Ruy acreditam que Irene chantageia Eugênio. Silvana paga o dinheiro que deve a Caio. Chega o dia da luta de Jeiza. Zeca reclama de Cândida ter convidado Edinalva e Marilda. Jeiza vence a luta. Jeiza fala para Alan sobre seus sentimentos por Zeca. Ruy pede para ser avisado quando Cibele for embora da empresa. Mira passa, intencionalmente, uma ligação de Irene para Eugênio. Ruy reclama de Joyce para Eugênio. Rubinho explica seu novo esquema para um cúmplice. Zeca leva Jeiza ao restaurante onde Rubinho trabalha. Eugênio tenta se entender com Joyce. Jeiza percebe a tensão de Rubinho com sua presença. Bibi se preocupa com o marido. Biga se surpreende com a reação de Eurico ao saber que ela vai ao show de Jane di Castro. Cibele vai à casa de Ruy.

O RICO E LÁZARO
Fragilizada, Joana aceita o pedido de casamento feito por Zac. Lior tenta alertar Asher sobre a história contada por Rabe-Sáris. Sadraque e Mesaque pedem para acompanhar Dalila e Raquel até os aposentos. Lia diz para Naomi que é preciso confiar em Deus. Joana avisa aos familiares sobre o pedido de Zac. Chaim diz que não permitirá que o filho se case com Joana. Fassur discute com Ravina e Zadoque. Neusta pede para Joaquim usar um amuleto, mas ele se recusa. Fassur pede para falar com Talita e Samira. Raquel diz se sentir gorda. Amitis tenta acalmar Nitócris. Zelfa distrata Fassur. Daniel diz que precisa encontrar mais pessoas para colocar em prática o plano de descobrir a fraude nas contas do palácio. Aspenaz entrega um amuleto à Amitis. Dalila fica confusa ao ver um tecido sobre a estátua.

O QUE A VIDA ME ROUBOU
Montserrat chega para visitar Angélica, mas Jose Luis diz que Angélica está dormindo e, zangado, diz que ela deveria parar de arrumar pretextos para vê-lo. Ela diz que está ali unicamente para falar com Angélica, que desejava conversar com urgência. Montserrat sai zangada e pede que Jose Luis diga a Angélica que, se realmente deseja falar com ela, será muito bem vinda em sua casa. Fabiola chega de visita à casa de Angélica e elas conversam. Ao final, Angélica pede a Fabiola que, em nome da grande amizade que as une, esteja do lado de José quando ela morrer. Adolfo vai buscar Josefina na residência Mendonça e a dá uma flor. Josefina, então, descobre quem por muito tempo lhe dava diariamente uma flor, anonimamente.










Alegando baixo valor de contrato, Ecopav confirma que assim não dá para ter qualidade na coleta de lixo em Cuiabá


É visível a ineficiência na coleta de lixo em Cuiabá, muito maior no decorrer deste ano. São bairro e ruas onde o lixo não é recolhido regularmente e a prefeitura, mesmo diante das reclamações dos moradores, não dá a mínima e sempre vem com os discursos mirabolantes do prefeito Nenel, sempre querendo ganhar na conversa.

Diante da inércia do mandatário, a Câmara Municipal convocou o vice-presidente da Ecopav, empresa responsável pela coleta de lixo em Cuiabá, Luiz Poggio, para explicar os motivos da ineficiência na realização do serviço. Poggio alegou que a precariedade se dá porque há anos que os valores não são reajustados, e o que a prefeitura paga não é suficiente para  atender toda a cidade, já que a ela cresce ano após ano.

“É bem verdade que existe deficiência na coleta. Entretanto, é preciso explicar que isto vem ocorrendo porque nos últimos quatro anos a cidade de Cuiabá cresceu com o nascimento de novos bairros e condomínios. Para termos uma regular coleta é preciso uma frota com 37 caminhões coletores, no entanto, temos apenas 30. O não investimento na renovação da frota e na aquisição de novos caminhões foi devido à perda de faturamento ao longo do contrato, o que provocou desequilíbrio nas contas da Ecopav”, alegou o vice-presidente da Ecopav.

O valor mensal pago pela Prefeitura de Cuiabá à Ecopav pelos serviços de coleta de lixo é por volta de R$ 1,7 milhão. No município são coletadas cerca de 17 mil toneladas/mês de resíduos sólidos.

Enquanto isso, os vereadores que rezam na cartilha do atual prefeito, tentam repassar a culpa para a gestão passada, cujo final se deu há 05 meses. Quando será que Nenel e sua turma vai assumir a responsabilidade pelos problemas de Cuiabá? 

A tal operação emergencial de tapa buracos, por exemplo, foi só oba-oba e Blá-bláblá, a cidade, mesmo onde no papel disseram que seriam realizados reparos, está só buracos. Cadê as vozes da Câmara para obrar da prefeitura? Que foi pago pelo que seria o serviço, isso foi. Mas e daí?

Horoscopo de hoje - 25 de maio





Áries (21/03 a 20/04)
Você pode perder a oportunidade de conhecer mais e diversificar opiniões ao não dar espaço para o outro e fazer valerem apenas as suas ideias. É tempo de trocar e agregar novos pensamentos.
www.siqueiranews.com

Touro (21/04 a 20/05)
É possível que oportunidades de mudança surjam e possam ser alinhadas com seus projetos. Cabe a você aproveitar. É tempo de avaliar o que dá sinais de deterioração e precisa ser transformado.
www.siqueiranews.com

Gêmeos (21/05 a 20/06)
É importante ponderar suas palavras e escutar o que os outros têm a dizer. Principalmente quando houver problemas de relação. É tempo de fazer do diálogo a ferramenta que traz segurança.
www.siqueiranews.com

Câncer (21/06 a 21/07)
É possível que não se sinta seguro ao perceber que não está protegido das pressões externas e que o ambiente não é acolhedor. É tempo de nutrir seu emocional por meio de conforto e afetividade.
www.siqueiranews.com

Leão (22/07 a 22/08)
Mesmo que as oportunidades não sejam perceptíveis, dificilmente você as perderá se estiver antenado no que está acontecendo. É tempo de deixar a intuição dizer onde vale a pena investir.
www.siqueiranews.com

Virgem (23/08 a 22/09)
É natural que precise refletir antes de se comunicar se estiver aprimorando o senso crítico. É tempo de elaborar minuciosamente suas ideias, até ter toda a confiança e segurança para apresentá-las.
www.siqueiranews.com

Libra (23/09 a 22/10)
A curiosidade e capacidade de aprendizado tendem a ficar aumentadas ao se envolver emocionalmente com o assunto. É tempo de se dedicar aos estudos dos temas que mais o atraem.
www.siqueiranews.com

Escorpião (23/10 a 21/11)
É importante equilibrar a sensibilidade com paciência e gentileza. Principalmente se estiver oscilando. É tempo de perceber que as questões emocionais estão ligadas à liberdade de expressão.
www.siqueiranews.com

Sagitário (22/11 a 21/12)
Nada melhor do que ler um bom livro e não conseguir parar porque quer muito saber o que vai acontecer. É tempo de tornar a vida mais interessante se deixando instigar pela curiosidade.
www.siqueiranews.com

Capricórnio (22/12 a 20/01)
Você pode perder experiências que os outros têm a compartilhar quando opta pelo isolamento para acelerar o autoconhecimento. É tempo de interagir com os outros e trocar para se desenvolver.
www.siqueiranews.com

Aquário (21/01 a 19/02)
Suas atitudes podem ser marcadas pela busca incessante pela liberdade. É tempo de deixar a mente livre de preconceitos para produzir novas ideias e se conectar com novas possibilidades.
www.siqueiranews.com

Peixes (20/02 a 20/03)
Quando suas qualidades não são colocadas em dúvida, você pode conseguir se organizar melhor. É tempo de saber do que você é capaz e ter confiança para realizar o que tanto deseja. 

 

Veja os destaques de jornais de circulação nacional - 25 de maio



O Globo

Isolado, Temer usa Exército após depredações em Brasília
Um protesto convocado pelas centrais CUT e Força Sindical contra as reformas e pela saída do presidente Temer acabou em vandalismo em Brasília, com prédios públicos depredados, bombas e até fogo dentro da sede do Ministério da Agricultura. A Esplanada dos Ministérios teve de ser esvaziada. Forte aparato policial fechou os acessos à Praça dos Três Poderes. Houve atos de violência tanto de manifestantes quanto de policiais. Sete pessoas foram detidas e 49 ficaram feridas, inclusive PMs. Dentro do Congresso, o clima também era de muita tensão. Deputados chegaram a trocar empurrões quando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, anunciou a convocação de tropas federais. O presidente Temer, que ontem perdeu mais um assessor em meio à grave crise, assinou decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) convocando as Forças Armadas para atuarem na segurança e contra a violência em protestos, sendo criticado pela oposição. Reunido ontem em Washington, o Conselho Permanente da OEA ressaltou a força das instituições brasileiras para enfrentar a crise.

Prevista na Constituição, ação é polêmica
Mesmo prevista na Constituição, a decisão do presidente Temer de convocar ação militar foi criticada por especialistas. Para alguns, ao lançar mão do recurso para conter manifestantes em Brasília, o presidente pode ter intensificado a imagem de fragilidade do governo, adotando tom autoritário. PMs deram tiros com armas de fogo para tentar controlar a violência no protesto.

O Estado de São Paulo
Temer chama Forças Armadas depois de ataques a ministérios
O presidente Michel Temer invocou a Garantia da Lei e da Ordem para acionar as Forças Armadas depois que manifestação convocada por centrais sindicais e movimentos de esquerda transformou a Esplanada dos Ministérios em praça de guerra, ontem. O protesto contra o governo e as reformas trabalhista e da Previdência reuniu 45 mil pessoas e terminou em confronto com a polícia. Prédios de oito ministérios foram depredados e tiveram de ser esvaziados. Pelo menos 49 pessoas ficaram feridas – uma por arma de fogo – e oito foram detidas. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, classificou o episódio de “baderna” e disse que o pedido pelo Exército partiu do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que negou. Segundo o Palácio do Planalto, a PM não conseguiu controlar os manifestantes e, por isso, o presidente convocou as tropas para conter o que considerou uma “barbárie”. Na Câmara, o anúncio de que as Forças Armadas tinham sido chamadas provocou bate-boca entre deputados. A sessão foi suspensa por 30 minutos.

PF tenta marcar data para Temer depor em inquérito
A PF pediu à defesa de Michel Temer uma data para que ele preste depoimento no inquérito aberto no STF em que é investigado por obstrução à Justiça, corrupção e organização criminosa. A defesa quer que ele só seja ouvido após perícia nos áudios da delação da JBS.

Folha de São Paulo
Protesto contra Temer em Brasília acaba em violência
O protesto organizado por centrais sindicais e movimentos de esquerda contra o presidente Michel Temer transformou a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, em palco de batalha com a Polícia Militar e a Força Nacional. Manifestantes depredaram oito ministérios e incendiaram dois. Houve 49 feridos —uma pessoa foi baleada. O ato reuniu 45 mil pessoas, segundo a PM, e 150 mil, de acordo com organizadores. Por decreto, válido até o dia 31, Temer convocou as Forças Armadas para proteger o patrimônio federal. Na noite de ontem, os ministérios já passaram a ter segurança feita pelo Exército. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, chamou de “baderna” e “descontrole” os atos de vandalismo.  Ele atribuiu a solicitação de militares ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), que negou e disse ter pedido só o emprego da Força Nacional. Os confrontos de rua tiveram consequências no Congresso, e deputados chegaram a se agredir fisicamente. Parlamentares de oposição criticaram o uso do Exército, enquanto governistas fizeram críticas à manifestação. Em 2013, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) também recorreu aos militares durante a onda de manifestações que tomou o país.

Polícia mata dez durante ação em fazenda no Pará
Uma ação policial terminou com dez pessoas mortas na fazenda Santa Lúcia, em Pau d’Arco (a 867 km de Belém), nesta quarta (24). Governo do Pará e Comissão Pastoral da Terra divergem nas razões da operação. Esse foi o caso mais violento ligado à disputa agrária desde o massacre de Eldorado do Carajás, em 1996.

Correio Braziliense
Protesto termina com 49 feridos; um manifestante levou um tiro no maxilar
Mais de 40 mil pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios na tarde desta quarta-feira (24/5), em protestos contra as reformas propostas pelo governo federal em tramitação no Congresso Nacional. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) e foram divulgados no final do dia, quando a cena de guerra montada no centro do poder já havia se dissolvido. Ao todo, 8 pessoas foram presas, 49 feridas e mais de 12 ocorrências de flagrantes registradas. Um dos casos mais graves foi de um homem, de identidade não divulgada, que levou um tiro de arma de fogo no maxilar. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) investiga de onde partiu este tiro, efetuado com uma arma letal, onde a regra é usar, apenas, armas de efeito moral, como tiros de borracha e spray de pimenta.

O Dia
Estado registra sétima morte por febre amarela
A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro confirmou, nesta terça-feira, a sétima morte por febre amarela. O novo caso aconteceu no município de Porciúncula, Noroeste Fluminense. Foi a segunda morte do local pela doença.  É a segunda morte confirmada esta semana. Na última segunda-feira, houve um óbito em Santa Madalena, também no Noroeste. Ao todo, o Rio já registrou 17 casos da doença em humanos. A Secretaria também informou que seis municípios já registraram casos da doença em macacos: São Sebastião do Alto, Campos dos Goytacazes, Maricá, Carmo, Rio das Flores e Macaé. 

Correio da Bahia
Indústria de carros responde por mais de 50% dos empregos do Polo
A produção de automóveis desponta como um dos principais motores da economia baiana. De acordo com o Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), no Polo Petroquímico, principal complexo industrial da América Latina, a fabricação de carros responde por mais de 50% dos empregos diretos do lugar. Além da fábrica da Ford, que emprega 7.680 pessoas - 5.082 na própria empresa e 2.598 em parceiros - estão sediadas no complexo unidades das fabricantes de pneus Continental e Bridgestone que, juntas, são responsáveis por cerca de três mil postos de trabalho. Segundo a Cofic, ao todo, o Polo Petroquímico possui 15 mil empregos diretos e outros 30 mil indiretos. Para o superintendente de Comunicação da Cofic, Érico Oliveira, a chegada da indústria automotiva em Camaçari foi um marco na história do município, uma vez que diversificou a produção e alavancou os investimentos.