Follow by Email


Anuncie aqui!!!

quarta-feira, maio 25, 2016

Cobertura vacinal de Cuiabá para o H1N1 já atingiu 80,71%, segundo ultima parcial




Segundo informações da Gerencia de Imunização da Coordenadoria de Vigilância as Doenças e Agravos (Covida), a cobertura vacinal em Cuiabá, contra o vírus H1N1, já ultrapassou a meta prevista pelo Ministério da Saúde. Na capital, 80,71% da população de risco para a influenza foi vacinada.

Ao todo, receberam a vacina,  66,52% das 40.201 crianças de 06 meses a menos de cinco anos; 45,4% das 8.024 gestantes; 83,47% das 1.319 puérperas; 96,41% dos 45.649 idosos e 95,75% dos 13.499 trabalhadores da saúde.

Também foram vacinados 100.562 pacientes com comorbidades, ou seja, doenças respiratórias crônicas, cardíacos, doentes renais, hepatite, neurológicas, diabetes, obesos, transplantados, entre outros.

Segundo o coordenador de Vigilância as Doenças e Agravos (Covida), de Cuiabá, Fernão Leme, esses dados ainda são parciais já que os técnicos continuam digitalizando os mapas que estão sendo encaminhados pelas unidades básicas de saúde onde ocorrereu a vacinação da Campanha Nacional em Cuiabá.

A meta para Cuiabá é vacinar 80% da população de risco, que corresponde a 121.244 pessoas do grupo de risco, composto por idosos de 60 anos e mais, crianças de 06 meses a menores de 05 anos, gestantes em qualquer período da gestação, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, profissionais da saúde, do sistema prisional e reeducandos.

Igualdade de gênero no mercado de trabalho vai demorar 80 anos, indica estudo




Apesar do aumento de mulheres no mercado de trabalho nas últimas décadas, a equidade (equivalência – igualdade) com os homens pode levar até 80 anos, segundo o Relatório Global de Equidade de Gênero. Para tentar diminuir esse tempo, equivalente a uma geração, pesquisa feita com líderes de 400 empresas ao redor do mundo indicou que três medidas prioritárias podem ser tomadas. Todas relacionadas ao engajamento da corporação na estratégia.

As medidas constam do estudo Women Fast Forward, feito pela consultoria Ernst & Young (EY). O trabalho indica como prioridade: “Iluminar o caminho para a liderança feminina, acelerar a mudança na cultura empresarial com políticas corporativas progressistas e construir um ambiente de apoio”, alicerçado no combate ao preconceito “consciente e inconsciente”, para aumentar o ritmo das empresas rumo à equidade.

De acordo o EY no Brasil, uma das principais vantagens da paridade é o ganho financeiro. Entre as empresas pesquisadas, 64% daquelas com melhores resultados econômicos encorajam suas funcionárias. Isso se deve ao aumento da participação na tomada de decisões e favorece a visão global.

Outra pesquisa sobre a participação de mulheres no mercado de trabalho da EY descobriu que a vivência no esporte pode ajudar nos negócios. Com base em 400 entrevistas, a consultoria identificou que, na hora de tomar decisões importantes, aquelas mulheres que foram atletas são mais determinadas, guiadas por valores éticos e pelo espírito de equipe.



Outras habilidades que são desenvolvidas pelo esporte são a capacidade de visão de longo prazo e de montar e manter as equipes motivadas, segundo as próprias entrevistadas.

Fonte: Consultoria Ernst & Young

Veja lista de 55 países interessantes para você viajar sem visto e sem burocracia



Entrevista, consulado, dores de cabeça e às vezes não conseguem o tão sonhado visto. Essa é a realidade de muitos brasileiros que querem viajar ao exterior. Mas há luz no fim do túnel e o desejo de conhecer países da Europa, America do Sul e da África pode fazer parte da realidade de muita gente. 
Alguns, inclusive, aceitam estudantes, sem nenhum tipo de burocracia prévia, desde que seja dentro do prazo de 90 dias. Os países da América Latina, por exemplo, nem exigem passaporte. 
Então o sonho de conhecer a Grécia, Alemanha e outros países da Europa, pode se realizar sem tantas chatices burocráticas. Confira a lista:
Países e lugares que não exigem visto no passaporte brasileiro
  • Áustria – Bahamas – Bélgica – Bulgária - Coréia do Sul – Croácia - Dinamarca
  • Equador – Eslováquia – Eslovênia – Filipinas – Finlândia – Grécia - Honduras
  • Hong Kong – Hungria – Islândia – Israel – Luxemburgo – Marrocos - Malásia
  • Namíbia – Noruega – Mônaco – Holanda – Panamá – Polônia - República Tcheca
  • Portugal – Suécia - San Marino – Tunísia – Turquia – Tailândia - Vaticano
  • Venezuela (por até 60 dias) - Rússia
Países que permitem o brasileiro estudar mesmo com visto de turista (por 90 dias)
  • África do Sul – Alemanha - Costa Rica – Espanha – França – Irlanda - Itália
  • Malta - Nova Zelândia - Reino Unido - Suíça
Países que dispensam o passaporte, se o RG for emitido há menos de 10 anos
  • Argentina - Bolívia – Chile – Colômbia – Peru - Paraguai (por até 60 dias)
  • Uruguai 

 iBahia.com



Pesquisa revela que 30% dos brasileiros nunca compraram um livro



O número de leitores no país teve um ligeiro crescimento, de acordo com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, feita pelo Ibope por encomenda do Instituto Pró-Livro, e cuja edição mais recente foi divulgada nesta semana. Eles passaram de 50% da população, em 2011, para 56% no ano passado. O critério para determinar se alguém é considerado "leitor" é se a pessoa leu, inteiro ou em partes, pelo menos um livro nos últimos três meses. A média de livros lidos por ano subiu de 4 para 4,96. 

Do universo de 5.012 pessoas pesquisadas, 74% não compraram nenhuma obra nos últimos três meses e 30% dos entrevistados nunca compraram um livro. O número de leitores na faixa etária entre 18 e 24 anos aumentou de 53% em 2011 para 67% em 2015.

A leitura ficou em 10º lugar quando o assunto é o que gosta de fazer no tempo livre. Aos não leitores, perguntaram sobre as razões para não terem lido nada nos três meses anteriores à pesquisa e as respostas mais frequentes foram: falta de tempo (32%), não gosta de ler (28%), não tem paciência (13%), prefere outras atividades (10%), dificuldades para ler (9%), sente-se cansado para ler (4%). 


O levantamento também mostrou que apenas 4% das pessoas já leram um livro digital em um e-reader (aparelho com esta finalidade). A maioria dos consumidores usa para ler celulares ou smartphones (56%), computador (49%) ou tablet (18%). Outro dado que chamou atenção na "seção digital" da pesquisa é que 59% dos entrevistados nunca tinham ouvido falar em e-book - 7% se mostraram interessados em conhecer a tecnologia.

Fonte: IBGE


Acumulada, Mega pode pagar o segundo maior prêmio do ano nesta quarta-feira



Sem ter uma aposta vencedora há cinco concursos, a Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 40 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 1.821, a ser realizado nesta quarta-feira (25-05-16).
O valor da premiação será o segundo maior do ano. Ele perde apenas para o do concurso 1.810, que rendeu R$ 92,3 milhões a um jogo de Cabrobó (PE).
O sorteio acontecerá a partir das 20h --horário de Brasília-- no "Caminhão da Sorte", que está na cidade de Alto Jequitibá, em Minas Gerais.
As apostas podem ser feitas até as 19h nas casas lotéricas. Um jogo simples, com apenas seis dezenas, custa R$ 3,50.


Resumo de novelas - 25 de maio




MALHAÇÃO
Miguel provoca Sandra e Beto, e Ana, Lívia e Rodrigo se incomodam. Flávia desconfia de que Roger esteja apaixonado por Luciana. Galvão ordena que Cleiton demita Krica, e o menino pede ajuda a Jéssica. Flávia coloca a camisa feita por Roger entre os pertences de Rodrigo. Pedro não consegue assistir à luta de Beto. Krica agradece Jéssica pelas palavras e Cleiton se surpreende. Sandra revela a Beto o carinho por Lívia. Ana repreende o comportamento de Miguel em relação a Beto e Sandra. Flávia e Roger armam para que Luciana veja a camisa que supostamente Rodrigo fez para a namorada. Começa a luta final entre Rodrigo e Beto. Pedro é ameaçado por três bandidos.
www.siqueiranews.com

ÊTA MUNDO BOM
Sandra consegue despistar Anastácia e esconde o dinheiro em um jarro no quarto da tia. Diana deixa Severo, que se desespera. Tigre ameaça Ernesto. Olga convence Fábio a pedi-la em noivado. Filomena afirma a Clarice que manterá em segredo o fato de seu filho ser de Candinho. Pancrácio aconselha Olga a ser sincera com Fábio. Diana garante a Braz que conseguirá tomar a casa de Severo. Maria questiona Paulina sobre a gravidez de Filomena. Diana volta para o dancing e ignora os apelos de Severo. Pandolfo retorna à fazenda de Cunegundes. Araújo anuncia a Cláudio que ele será operado e poderá voltar a andar. Sandra tem uma ideia para que Ernesto consiga o dinheiro de Anastácia.

TOTALMENTE DEMAIS
Florisval e Rosângela se casam. Gilda promove uma festa de despedida para Eliza no Flor do Lácio e avisa à filha que Dayse e Carlinhos dormirão com ela na casa de Hugo. Maurice aposta Stelinha em um jogo de azar. Arthur vê Carolina preocupada com Gabriel e oferece ajuda à ex-amante.
Iolanda afirma a Martim que não lutará sozinha pela união da família. As preocupações de Miguel com o manejo da terra são ignoradas por Afrânio e aliados. Olívia fica decepcionada com a pouca atenção de Santo ao projeto com Lucas. Miguel desabafa com Cícero. Padre Benício e Isabel oferecem trabalho a Josefa. Santo acredita que Tereza está agindo como Afrânio. Isabel teme a reação de Piedade e Luzia sobre a intenção de aumentar a produção das rendas. Doninha aconselha Tereza a interceder na briga entre Afrânio e Santo. Miguel conhece Olívia e Luzia se desespera.

LIBERDADE LIBERDADE
Hoje não haverá apresentação da novela.
ANJO MAU
Lígia fica contrariada com a atitude de Luís Carlos. Lígia tenta encontrar Rodrigo no meio da multidão, mas ele já foi embora. Luís Carlos acusa Nice de ter plane¬jado tudo para prejudicar Lígia. Rodrigo chama Lígia de vagabunda e a expulsa da mansão. Ricardo tenta convencer Rodrigo a dar uma chance para Lígia se explicar. Paula chega e diz que foi Nice quem tra¬mou tudo. Lígia, arrasada por causa de Ro¬drigo, vai se consolar com Américo. Frede¬rico ameaça denunciar Olavinho à polícia por causa dos papéis. Rodrigo, deitado, diz a Nice que sente frio. A babá se deita ao seu lado e o abraça.
www.siqueiranews.com

AMOR E INTRIGAS
Janaína pergunta à Alice o que Paulo achou dela e entende que não vai acontecer mais nada entre eles. Christina fala para Pedro deixar a timidez de lado e ir atrás de Alice. Janaína se interessa por um rapaz que entra no barzinho. Jacira diz à Valquíria que precisa achar um emprego porque não agüenta mais ficar parada. Paco vende livros no barzinho. Pedro e Alice compram exemplares e conversam com Paco. Pedro começa a se declarar para Alice. Petrônio chega e ele disfarça. Mario discute um projeto com Antonia e Ana. Kiko comenta com Paulo que achou bonita a menina que estava com ele no restaurante. Depois Kiko convida Neide para sair com ele novamente. Paulo fica enciumado.
www.siqueiranews.com

OS DEZ MANDAMENTOS

Oren faz inúmeras perguntas à Adira para ter certeza que é ela a mulher que procura. Oren confirma ao Rei que a encontraram. Miriã decide ver Arão mesmo contra a vontade de sua mãe e de Zípora. Ao se encontrar com Arão, chora muito. Moisés pede que todos sejam fortes e não se contagiem com a dor de Miriã. Adira é levada aos aposentos do palácio e pede ao rei que tragam seus filhos para perto dela. O rei diz que não pode fazer isto devido a guerra com o Rei Balaque. Moisés começa os preparativos da Páscoa, isto significa um ano que saíram do Egito. Dorcas lamenta a perda de Adira e diz que precisa encontrar outra escrava para ajudá-la.

Prefeituras de Cuiabá e de Várzea Grande decretam ponto facultativo no dia 27 de maio



As prefeitas de Cuiabá e de Várzea Grande resolveram estender o feriado de corpus christi e decretaram que os servidores públicos dos dois municípios estarão curtindo quatro dias de descanso nesse feriadão.
A decisão de Cuiabá está sustentada no decreto de nº 6.014, determinando ponto facultativo para o próximo dia 27, nos órgãos da administração pública. A determinação se dá após o feriado de Corpus Christi, no dia 26 de maio.
Já em Várzea Grande o decreto assinado pela prefeita Lucimar Campos tem o  nº 34, de 17 de maio, que declara ponto facultativo para o dia 27, data que sucede o feriado nacional de Corpus Christi, comemorado na próxima quinta-feira, dia 26. Os decretos valem para os órgãos do Poder Executivo.

Eles não se aplicam aos plantões e às atividades de caráter essencial, como saúde, segurança, coleta de lixo e manutenção de distribuição de água, por exemplo.
Corpus Christi significa Corpo de Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo.

A festa de Corpus Christi acontece sempre 60 dias depois do Domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia.

Durante esta festa são celebradas missas festivas e as ruas são enfeitadas para a passagem da procissão onde é conduzido geralmente pelo Bispo, ou pelo pároco da Igreja, o Santíssimo Sacramento que é acompanhada por multidões de fiéis em cada cidade brasileira.


Em sete meses, mais de 1 milhão de brasileiros se tornaram inadimplentes





O aprofundamento da crise econômica, que abalou a renda e o emprego, provocou um salto na parcela de consumidores que se consideram inadimplentes. No primeiro quadrimestre deste ano, quase a metade dos brasileiros (48%) entre 18 e 65 anos de idade tinham alguma dívida com pagamento atrasado, ante 46% em agosto do ano passado, revela uma pesquisa nacional feita pela empresa de call center Atento.

"Em sete meses, houve um avanço de dois pontos porcentuais na parcela de inadimplentes. Isso é muito forte", afirma o diretor executivo da companhia, Regis Noronha. Nas suas contas, esses dois pontos porcentuais correspondem a 1,128 milhão de brasileiros que se tornaram inadimplentes no período. A empresa, que tem 10% dos serviços de call center direcionados a cobrança de devedores, decidiu, pela segunda vez, fazer uma pesquisa de âmbito nacional a fim de avaliar como anda a inadimplência e traçar um perfil dos devedores para municiar os seus clientes.



Neste ano, os principais motivos apontados para o aumento do calote são praticamente os mesmos de agosto do ano passado, mas a parcela de inadimplentes que alega esses fatores só cresceu. Em agosto de 2015, 13% dos entrevistados apontavam a crise como o motivo que levou à inadimplência e 31%, a queda na renda. No primeiro quadrimestre deste ano, 20% dos entrevistados indicaram a crise como fator e 37%, a queda na renda.



Noronha observa que o agravamento da crise não só ampliou a inadimplência, mas também restringiu as alternativas para renegociar os atrasos e quitá-los. Na pesquisa de agosto, 48% dos inadimplentes disseram que já estavam negociando os pagamentos atrasados. Agora essa parcela que está negociando a quitação das pendências diminuiu para 43%.


De acordo com a pesquisa, o aumento do calote atingiu todas as classes sociais, mas um resultado que chama a atenção, segundo Noronha, é que até os mais ricos estão tendo dificuldade para colocar as contas atrasadas em dia. Em agosto do ano passado, 100% dos inadimplentes da classe A afirmaram que estavam negociando o pagamento das pendência. Nas pesquisa deste ano, essa parcela era de apenas 17%. "A crise também atingiu os mais ricos", diz o executivo.

Quanto ao tipo de dívida que levou à inadimplência, o cartão de crédito ocupa o topo do pódio, com 67% das respostas, seguido pelo crédito pessoal (29%) e o cheque especial (27%). Em agosto do ano passado, esses instrumentos de crédito também lideravam o ranking das dívidas que levaram ao calote, mas com porcentuais menores. O cartão de crédito tinha sido apontado por 66% dos entrevistados como motivo de inadimplência, seguido pelo crédito pessoal (29%) e pelo cheque especial (22%).

Apesar de o cartão e o crédito pessoal serem apontados como os vilões do calote, essas linhas não são, do ponto de vista dos inadimplentes, prioritárias na hora de limpar o nome. O cartão de crédito aparece em terceiro lugar na ordem de importância na hora de liquidar as pendências e o crédito pessoal em sétimo lugar. Noronha observa que as prestações atrasadas do financiamento imobiliário e com a escola dos filhos ocupam o primeiro e o segundo lugar, respectivamente, na lista de importância do brasileiro na hora de liquidar as faturas pendentes.

Com relação ao valor da dívida em atraso, o cenário piorou em sete meses. Hoje 50% dos que estão inadimplentes têm dívidas acima de R$ 2 mil; em agosto do ano passado essa parcela era de 47%. Noronha ressalta que atualmente 40% dos inadimplentes estão com dívidas em atraso há 180 dias. "Isso é extremamente alto."

A pesquisa mostra também que as perspectivas para o futuro não são favoráveis e o desemprego e a inflação são as principais preocupações. Em agosto do ano passado, 85% dos entrevistados estavam preocupados com o desemprego e 35% deles com a inflação. No primeiro quadrimestre deste ano, esses porcentuais subiram para 85% e 57%, respectivamente. "A população está preocupada com o futuro e começa a reduzir o custo das dívidas para evitar um aumento maior da inadimplência", afirma o diretor da Atento.

Fonte: Agência Estado

Congresso aprova mudança da meta fiscal e autoriza deficit de até R$ 170,5 bi




O Congresso Nacional aprovou em votação simbólica, na madrugada desta quarta-feira (25-05-16), a alteração da meta fiscal do governo para este ano, medida considerada como o primeiro grande teste do apoio ao presidente interino Michel Temer no Legislativo. A mudança vai para sanção presidencial.
O governo Temer havia pedido autorização do Congresso para mudar a meta e ampliar o rombo previsto nas contas públicas. Assim ele poderá fechar o ano com um deficit (diferença entre a arrecadação e os gastos) de R$ 170,5 bilhões.
Anteriormente, a presidente afastada Dilma Rousseff havia proposto um deficit de R$ 96 bilhões, mas ela não chegou a ser votada pelo Congresso.
Com isso, o Brasil deverá completar três anos consecutivos sem conseguir fazer economia para pagar os juros da sua dívida.
Caso a medida não fosse aprovada até o fim deste mês, o governo teria que cortar despesas e poderia ficar sem dinheiro para programas federais, já que teria que seguir a meta atualmente prevista na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de fechar o ano com uma economia de R$ 24 bilhões. 

                                          Sessão foi tumultuada
A longa e conturbada sessão durou mais de 16 horas, e foi encerrada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pouco antes das 4h desta quarta-feira.
Grande parte da sessão, no entanto, foi destinada à votação de 24 vetos presidenciais, dos quais um foi rejeitado integralmente e dois tiveram trechos também derrubados. A votação da meta fiscal começou por volta das 1h15 e durou cerca de três horas.

Além desses vetos presidenciais, a sessão foi marcada pelas tentativas da oposição de obstruir a votação. Os parlamentares oposicionistas, além de atacarem o senador Romero Jucá (PMDB-RR) --que deixou o Ministério do Planejamento após o vazamento de gravações--, também pediram, diversas vezes, que a mudança da meta fosse votada na Comissão Mista de Orçamento (CMO). Renan Calheiros precisou intervir para evitar que a sessão se arrastasse ainda mais.
Durante a sessão, parlamentares interromperam os oradores ao falar fora dos microfones ou sem liberação da palavra. Os senadores Vanessa Grazziotin (PC do B-AM) e Lindbergh Farias (PT-RJ), em diferentes momentos, chegaram a ocupar as tribunas do plenário em protesto contra o tempo de fala concedido a eles, que entenderam ser menor do que o regimento determina.
Já Jucá, que teve papel importante para aprovar a nova meta, principalmente como ministro do Planejamento, defendeu que o ajuste marca o início de um período de mais realismo fiscal e orçamentário no governo.
"Já estive aqui neste plenário diversas vezes mudando a meta de superavit para deficit, porque o governo não fazia um Orçamento realista. Esta é uma noite histórica porque o governo mudou na sua política fiscal e orçamentária. Estamos colocando um espaço fiscal equilibrado" disse Jucá.
                                        Empenho de Temer
Numa sinalização da importância do tema, Temer foi pessoalmente entregar a proposta da nova meta a Renan na segunda-feira (23-05-16).
Em reunião com líderes partidários na semana passada, Temer chegou a afirmar que, sem a aprovação da proposta, “quem estará cometendo pedalada sou eu” em referência às pedaladas fiscais, objeto da denúncia de impeachment contra Dilma. 

Em pronunciamento na manhã desta terça-feira (24-05-16), Temer pediu que os parlamentares que "se esforcem" para aprovar a medida e disse que ela iria "ajudar a tirar o país da crise".
A sessão do Congresso desta terça-feira foi aberta às 11h30 pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. Antes de votar a meta, os deputados e senadores tiveram que analisar 24 vetos presidenciais que trancavam a pauta e impediam a análise de novos projetos.
Com Agência Senado





Museu itinerante das Olimpíadas do Rio chegou à Cuiabá




Um museu sobre rodas está fazendo uma verdadeira volta olímpica pelo Brasil. O objetivo do projeto é levar o espírito olímpico às cinco regiões do país e preparar a população para o maior evento esportivo mundial.
A exposição sobre rodas reúne peças dos acervos do Comitê Olímpico Internacional (COI), do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê dos Jogos Rio 2016, além de coleções particulares.
O Museu itinerante chegou em Cuiabá ontem e foi aberta ao público nesta terça-feira (24) e estar aberto para visitação das 10h às 19h, no Complexo Dom Aquino ao lado do Shopping Popular de Cuiabá. Com entrada é gratuita. 
“O Museu Itinerante Se Prepara Brasil levará um pouco dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos para quem não puder assistir ao maior evento esportivo mundial no Rio de Janeiro e ainda deixará um legado de conhecimento olímpico que poderá estimular novos talentos para o futuro do esporte no país”, declara João Nóbrega, Superintendente Executivo Grupo Bradesco Seguros.  
O Presidente do Shopping Popular Misael Galvão este presente e visitou a estrutura e falou da exposição ter sido realizado no Complexo. “Apoiamos os ideais dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e nos orgulhamos de ter recebido aqui no Complexo Dom Aquino neste espaço lindo que saiu de uma concessão da Associação, prefeitura e TAC com Ministério Público. Este museu itinerante do Bradesco, onde ficamos felizes e convidamos a toda sociedade cuiabana para visitar este espaço moderno e bem cuidado que é o complexo, o Bradesco está de parabéns pela iniciativa acendendo assim o espirito olímpico que há dentro de nós com a aproximação da tocha olímpica e da história do esporte com peças originais de cada época”. Frisa Misael 
Na terça-feira também esteve presente para visita, a atriz global Totia Meirelles cuiabana que se destacou no cenário nacional fazendo grandes interpretações na tv. O Museu vai até amanhã as 19hs e viajará para o Acre em seguida.
Leonardo Arruda
Ascom Shopping Popular


Veja o seu horóscopo de hoje - 25 de maio


Áries (21/03 a 20/04)
Momento de importantes aprendizados em seus relacionamentos e parcerias. Cuidado com a tendência à repetição de velhos padrões na vida pessoal e profissional. Reconheça mais o seu poder e a capacidade de construir o seu destino.

Touro (21/04 a 20/05)
Reflexão sobre questões financeiras e sobre os seus valores pessoais. Um momento importante de negociações e de se dar conta do que é realmente importante. Questões significativas envolvendo estudos, viagens e aprimoramento.

Gêmeos (21/05 a 20/06)
O planeta Vênus, em movimento no seu signo, está oposto a Marte. É um momento de confrontação entre os seus valores e o das pessoas com quem você se relaciona. Importante estar aberto a aprendizados e pontos de vista alheios.

Câncer (21/06 a 21/07)
A fase é muito importante para cuidar da saúde e rever suas atitudes no trabalho. Importantes questões envolvendo relacionamentos, autonomia e individualidade. Pode estar havendo um desafio entre as demandas dos relacionamentos e as questões profissionais.

Leão (22/07 a 22/08)
Tenha mais abertura às pessoas e promova o diálogo conciliatório. Questões muito significativas envolvendo o amor e a amizade. Cuidado com a tendência a agir de uma forma muito repressora ou autoritária.

Virgem (23/08 a 22/09)
Hora de estabelecer um balanço mais harmonioso entre vida pessoal e profissional. Importantes questões ligadas ao trabalho, mas também às demandas da família e da casa. Cuidado com atitudes controladoras no âmbito amoroso.

Libra (23/09 a 22/10)
Um momento muito importante de redefinições no lar e nas emoções. Desafios ligados à autonomia, individualidade e mudanças nas relações. Uma fase de intensos aprendizados que modificam os relacionamentos librianos.

Escorpião (23/10 a 21/11)
Questões financeiras, emocionais e psicológicas estão em pauta. É um momento em que deve repensar os seus valores mais significativos. Há muito poder no uso da inteligência, da palavra e da comunicação.

Sagitário (22/11 a 21/12)
Um momento de importante revitalização na vida financeira. É hora de confiar mais nas suas habilidades e no seu poder de realização. É importante atingir o equilíbrio entre as demandas individuais e as dos relacionamentos.

Capricórnio (22/12 a 20/01)
Uma fase importante para estar mais atento à saúde do corpo e da alma. Um dia em que pode haver a tendência a comportamento controlador ou manipulativo. Percepção das profundas mudanças emocionais que estão ocorrendo com você.

Aquário (21/01 a 19/02)
O dia pede descanso, observação e recarga de energias. É o momento de refletir sobre o que tem ocorrido ao longo das últimas semanas. É uma fase em que poderá haver discordância de ideias na relação afetiva.

Peixes (20/02 a 20/03)
Momento importante para equilibrar as solicitações da vida pessoal e profissional. Contatos que podem ser muito produtivos, mas ainda é preciso ter paciência na carreira. Cuidado com a tendência a querer impor os seus pontos de vista.