domingo, janeiro 27, 2019

Potências europeias indicam estar prontas para reconhecer Guaidó na Venezuela


Potências europeias expressaram seu apoio ao líder venezuelano da oposição Juan Guaidó neste sábado (26-01-19), dizendo que vão reconhecê-lo como presidente interino se Nicolás Maduro não convocar eleições em oito dias.
Reino Unido, Alemanha, França e Espanha afirmaram que reconhecerão Guaidó a menos que novas eleições sejam anunciadas.
A Venezuela entrou em turbulência sob a administração Maduro, com falta de comida e protestos diários em meio a uma crise política e econômica que levou a um movimento de emigração em massa e a uma inflação galopante.
Maduro foi reeleito em maio do ano passado, num pleito marcado por baixo comparecimento e alegações de compra de votos pelo governo. A oposição no país, os Estados Unidos e governos de direita na América Latina recusaram-se a reconhecer o resultado das eleições.
Guaidó proclamou-se presidente interino na quarta-feira (23-01-19), embora Maduro, que lidera a nação rica em petróleo desde 2013 e tem apoio das Forças Armadas, tenha se recusado a renunciar.

Esta semana, os Estados Unidos declararam apoio a Guaidó, com o vice-presidente Mike Pence chamando Maduro de “ditador sem legitimidade de reivindicar o poder”. Desde então, a maioria das nações da América Latina e o Canadá também proclamaram seu apoio ao líder de 35 anos.
Fonte: Reuters

0 comentários:

Postar um comentário